ITAITUBA

Nuvem de poeira “Godzilla” que vem do Saara está a caminho das Américas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Depois da nuvem de gafanhotos, as Américas também podem enfrentar um outro fenômeno: uma nuvem de poeira que se aproxima vinda do deserto do Saara. Especialistas costumam chamar o fenômeno de “nuvem de poeira Godzilla”, que ocorre todos os anos, mas imagens de satélite mostram que em 2020 será mais intenso.

De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês), a nuvem continuará se movendo rumo ao Oeste pelo Mar do Caribe, alcançando áreas do norte da América do Sul, América Central e da Costa do Golfo dos Estados Unidos nos próximos dias. 
O sol aparece quase imperceptível com o céu tomado pela poeira do Saara, na cidade de Bridgetown, Barbados Foto: Alexander James 
As imagens captadas por satélites já mostram uma mancha opaca cobrindo parte do Oceano Atlântico. 

(foto: Cira/ reprodução )
Ainda de acordo com eles, a massa de ar extremamente seco e empoeirado é conhecida como Camada de Ar Saariana e se forma sobre o deserto do Saara. Ela se move pelo Atlântico Norte a cada três a cinco dias durante o fim da primavera do Hemisfério Norte até o início do outono, atingindo o pico no fim de junho até meados de agosto. A camada pode ter 3km de espessura, informou a agência.
Países caribenõs já sentem o efeito da poeira e alertaram os moradores para se manterem em casa e usarem máscara. 

“É a pior coisa que vi desde que começamos os registros” — disse Evan Thompson, diretor do Serviço Meteorológico da Divisão na Jamaica: — Estamos vendo uma massa muito mais espessa de partículas de poeira em suspensão. É muito mais distinto e notável.

Veja o vídeo de anunciação pela Record News



Correio Braziliense e Record

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS