ITAITUBA

Operação Samaúma: Forças Armadas apreendem materiais utilizados em delitos ambientais em Novo Progresso e Moraes Almeida, no PA

Foto: Ministério da Defesa.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A apreensão, realizada pelo Comando Conjunto da Amazônia, dentro da Operação Samaúma, coordenada pela Vice-Presidência com apoio do Ministério da Defesa, aconteceu em via pública na cidade de Novo Progresso.

Em Novo Progresso, no Pará, os militares identificaram uma carreta transportando materiais como pá carregadeira, suprimentos e combustível para motosserras. As ferramentas eram usadas para exploração de áreas desmatadas na região. Os equipamentos foram presos e estão sob custodia do exército em Novo Progresso.

Moraes Almeida

O mesmo comando apreendeu na semana passada um veículo abandonado com madeira e um caminhão com material sem procedência na BR-163.

Operação Samaúma

A Operação Samaúma, de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ambiental, ocorre em terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental, em áreas de propriedade ou sob posse da União e, mediante requerimento do respectivo Governador, em outros sítios do estado. Todas as atividades ocorrem em conjunto com órgãos e agências de proteção ambiental e de segurança pública.

Conforme o decreto número 10.730, de 28 de junho de 2021, a atuação dos militares do CCjN, que iniciou dia 28 de junho, ocorre nos municípios paraenses de Altamira, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, São Félix do Xingu e Trairão e seguem até o dia 31 de agosto de 2021.

O nome da Operação homenageia a árvore conhecida como rainha da Amazônia, que guarda e distribui água para outras espécies e também pode ser chamada de Mafumeira, Sumaúma e Kapok. (Leia mais AQUI).

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS