ITAITUBA

Outeiro/PA: Presa associação criminosa no momento em que roubava carga de cigarros

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin



A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesta quinta-feira, 28, Manoel Ferreira Silva, Eliton Junior Amaral dos Santos, Weverson Mendonça Carvalho, Adilson Dias Miranda e Whendeel Raphael Costa Pinheiro, no momento em que o grupo roubava uma carga de cigarros avaliada em mais de R$ 40 mil, na sede de uma distribuidora, no distrito de Outeiro, em Belém. A prisão foi realizada por uma guarnição da 4ª Companhia do 10º Batalhão da PM de Outeiro. Os presos foram conduzidos para a sede da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Belém, onde os presos foram autuados em flagrante pelo delegado Cleyton Costa, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DRFC), que faz parte da DRCO.
Com os presos, os policiais militares apreenderam uma pistola calibre .40 de uso restrito às forças policiais e toda a carga que havia sido colocada dentro de uma van de transporte alternativo. Durante a revista, os policiais militares contataram que os acusados haviam colocado uma outra placa por cima da placa verdadeira da van, para tentar despistar as Polícias, após o assalto. Os presos foram abordados pela guarnição no momento em que saíam da distribuidora de cigarros. Os assaltantes foram rendidos pelos PMs no momento em que uma das viaturas passava perto do local.
Um dos policiais militares foi comunicado por um morador da área que havia duas van com pessoas em atitudes suspeitas em frente à distribuidora. Assim, os policiais seguiram até o local. No momento da abordagem, dois deles tentaram fugir, mas foram contidos. Durante revista no local, os policiais encontraram três funcionários rendidos dentro de outra van que usavam para fazer o transporte da carga de cigarros, que era colocada em outra van usada pelos bandidos. 
Os presos foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas e uso de arma de fogo; associação criminosa armada; porte ilegal de arma de fogo de uso restrito; receptação de roubo devido à presença de uma arma roubada e adulteração de sinal identificador de veículo, já que a van usada pelo grupo estava com a placa trocada. Após o término do flagrante, o delegado comunicou ao Poder Judiciário sobre o flagrante e os presos permanecem recolhidos no aguardo da decisão judicial.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS