ITAITUBA

Pacientes do HCS recebem “visita online”

Pacientes recebem visita online. Foto: HCS

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O projeto “Visita Online” foi pensado com objetivo de minimizar a distância que passa a existir entre o paciente e a família após a internação para tratamento da COVID-19. Para esse tipo de paciente não é permitido acompanhante ou visitas presenciais, um protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS) a fim de evitar que mais pessoas sejam infectadas com o vírus. O projeto é um forte aliado na recuperação dos pacientes.

Segundo a psicóloga do Hospital, Narjara Dantas, os familiares dos pacientes internados precisam ser acolhidos, pois são afetados tanto pelo agravamento da condição de saúde do paciente, mas também pelo sofrimento de não ter contato com ele. “Esses momentos de conversa vão acolher os pacientes e são preciosos para a humanização do atendimento”, disse.

As chamadas duraram até 5 minutos e são sempre acompanhadas por um médico, uma enfermeira e alguém da equipe psicossocial. Para Wilkson Ferreira, 39 anos, que deu entrada na Unidade no dia 19 de fevereiro, a visita online é o momento de receber energias positivas da família. “Ver nossos entes queridos todos os dias através das chamadas, eleva nossa autoestima e a gente vai se sentindo bem. A equipe está de parabéns,” finalizou.

Segundo Ândria Cavalcante, esposa do paciente Wikson, a videochamada é o momento de alívio e conforto para quem sofre com a angústia do distanciamento.

“A gente se sente até mais seguro ouvindo do próprio paciente que ele está bem, sendo bem tratado. Só quero parabenizar a equipe por essa iniciativa. É muito bom ter essa acolhida. “, disse.

O Diretor Técnico da Unidade, Dr. Tardelio Torquato de Mesquita, falou sobre os laços de confiança entre a equipe médica e a família do paciente criados com a visita. “Esses minutos de conversa com os familiares ameniza a angústia de ambos os lados, pois quando o paciente tem a chance de ver em vídeo a família, isso reflete positivamente em sua recuperação”, finalizou.

 

Sobre a ação

 

A equipe responsável pela operacionalização do projeto é formada pela psicóloga, pela assistente social e tem a retaguarda da enfermagem e do médico plantonista.

As chamadas são realizadas dentro de uma escala e até o HCS atingir o limite de 30 pacientes em atendimento. Depois disso os pacientes receberão vídeos gravados duas vezes por semana.

O aparelho de tablet utilizado é esterilizado antes e depois das chamadas e é exclusivo para o uso das ações do psicossocial da Unidade.

De acordo com Narjara, a videochamada é uma intervenção terapêutica que visa aproximar o paciente hospitalizado da sua base de apoio, mas precisa ser realizada com alguns critérios para manter a segurança do paciente. “Somente pacientes com quadros clínicos estáveis poderão receber ligações para a visita online. Essa é uma maneira de evitar que haja agravamento da situação do internado em decorrência das emoções que a ligação pode ocasionar” , finalizou.

Fonte: Plantão 24horas News,  com informações Ascom/HCS

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo