ITAITUBA

Palmeiras vence Delfín por 3 a 1 e larga na frente por vaga nas quartas da Libertadores

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Com gols de Gabriel Menino (17′ do 1ºT), Rony (de pênalti, aos 35′ do 1ºT) e Zé Rafael (14′ do 2ºT), o Palmeiras superou a equipe do Delfín-EQU por 3 a 1 em duelo válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores 2020, no Estádio de Jocay, em Manta (Equador) – o time da casa descontou com Garcés, que contou com desvio de Ramires contra, aos 23 do segundo tempo. O Verdão não pôde contar com 12 nomes infectados pela Covid-19. O jogo de volta, que decide a vaga, acontece na próxima quarta-feira, no Allianz Parque, às 19h15 (de Brasília) e o time que passar de fase enfrentará o vencedor da classificação disputada entre Jorge Wilstermann-BOL e Libertad-PAR.

O triunfo do Palmeiras foi de número 104 do time alviverde na história da Libertadores. Portanto, de quebra, essa vitória faz com que o Verdão seja agora o atual detentor da marca de time brasileiro com mais gols na competição continental, ao lado do Grêmio, que ainda joga pelo duelo de ida das oitavas, também com 104 vitórias.

Vale destacar ainda que o banco de reservas do Palmeiras por completo foi composto por jogadores oriundos da base pela primeira vez na história! Algo inédito. Estiveram relacionados para a suplência os goleiros Leandro e Mateus, o zagueiro Renan, os laterais Vanderlan e Lucas Esteves, os meio-campistas Danilo, Vitinho e Juninho e os atacantes Marcelinho, Fabrício e Gabriel Silva.

Este foi o 50º jogo do Verdão na temporada 2020 (agora são 27 vitórias, 16 empates e sete derrotas, com 80 gols marcados e 35 sofridos). O triunfo, aliás, fez com que o Palmeiras mantivesse bons números que possui na temporada, como o de ser o time com o segundo melhor aproveitamento entre todos os clubes no ano: 65% (48 jogos de campeonato, 26 vitórias, 15 empates e sete derrotas) – em primeiro lugar, aparece o Flamengo, com 71,1% (52 jogos, 34 vitórias, nove empates e nove derrotas). Como visitante, o Verdão tem o segundo melhor aproveitamento: 59% (24 jogos, 11 vitórias, oito empates e cinco derrotas) – antes, aparece o Flamengo, com 67,9% (26 jogos, 16 vitórias, cinco empates e cinco derrotas).

Atualmente com 498 partidas registradas contra adversários estrangeiros, o Palmeiras se aproximou ainda mais de chegar à expressiva marca de 500 jogos internacionais em sua história. O primeiro duelo foi contra a seleção paraguaia, em 1922, com vitória palestrina por 4 a 1. Desde então, o retrospecto aponta 292 vitórias, 107 empates, 99 derrotas, 1016 gols marcados e 533 sofridos contra adversários de mais de 30 nacionalidades diferentes, de todos os continentes.

Na Libertadores, especificamente, o Palmeiras chegou a 350 gols em sua história nas participações desde 1961 e segue como o melhor brasileiro no ranking de times com mais bolas na rede da competição latina, na sétima posição (atrás do Cerro Porteño-PAR, com 401 gols em 309 jogos, do Olimpia-PAR, com 442 gols em 311 jogos, do Boca Juniors-ARG, 462 gols em 294 jogos, do Nacional-URU, 549 gols em 391 jogos, do Peñarol-URU, 555 gols em 369 jogos e do River Plate-ARG: 594 gols em 357 jogos)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS