ITAITUBA

Pão só poderá ser vendido por quilo a partir de junho

Foto: Reprodução.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um dos itens que mais aumentou de preço durante a crise econômica que assola o país, o pão de cada dia está cada vez mais difícil de comprar. Saudosistas lembram-se de quando o pãozinho custava R$ 0,10 ou R$ 0,20. Hoje é encontrado por R$ 0,50 ou mais nas padarias do Estado.

Para tentar conter os preços abusivos, ou ao menos amenizar o impacto no bolso da população, o Governo Federal resolveu interferir neste iten essencial a vida dos brasileiros.

A partir do dia 1° de junho, o tradicional pão francês (ou pão de sal) deverá ser comercializado apenas pelo peso e não mais por valor unitário.

O preço do quilo do produto deverá ser afixado próximo ao balcão de venda, em local de fácil visualização pelo consumidor, além de ser grafado com dígitos de pelo menos 5 centímetros de altura.

As determinações sobre como o produto deve ser comercializado constam de uma portaria do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publicada hoje (23), no Diário Oficial da União.

A portaria acrescenta que a balança a ser utilizada deve ter, como característica, um medidor com divisão igual ou menor a cinco gramas, além da indicação de peso e preço a pagar.

Fonte: DOL.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo