ITAITUBA

Parque Estadual do Utinga oferece orientação na linguagem de Libras

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Para melhor atendimento ao público, o Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna (Peut) integrou ao corpo técnico do espaço um orientador especialista em Libras. O espaço funciona todos os dias da semana, de 6h às 17h, exceto às terças-feiras, quando fecha para manutenção.

A medida busca beneficiar a população, fomentando ainda mais a inclusão de PcD’s nos espaços públicos da capital. O local já possui bicicletas adaptadas, cadeiras de rodas e rampas de acessibilidade nos espaços monitorados.

“Trata-se de algo que incentiva a inclusão social no Parque, um dos principais pontos turísticos da capital, e estamos muito felizes em poder oferecer um bom acolhimento aos nossos visitantes que possuam deficiência auditiva. É uma conquista para o espaço e para toda a comunidade, pois o Peut recebe visitantes dos mais variados lugares e queremos torná-lo um local cada vez mais acessível a todos”, declara o gerente do Parque, Edelber Santos.

“Quando penso sobre a importância de se aprender Libras, imagino o quanto é difícil para um cidadão com direitos ser obrigado a aprender o idioma nativo de onde vive, o tendo como uma segunda língua”, comenta o orientador Alexandre Minowa, especialista em Libras, que irá atuar na entrada do Peut às segundas, quartas, sextas e domingos.

O orientador explica que o surdo tem como língua primária a linguagem de sinais, mas, tende a se sentir um estrangeiro dentro do próprio país, pois se vê privado de uma comunicação completa devido à falta de conhecimento popular, em se tratando da linguagem de sinais. “Como educador, me vi na obrigação de aprender o idioma de Libras, pois o cidadão surdo merece ter o mínimo de amparo, além de ter o direito de se sentir acolhido e inserido socialmente”, revela Minowa.

Neste período de pandemia, o acesso é monitorado para evitar aglomerações. O espaço conta com medidas de segurança sanitária, como medidor de temperatura na entrada, álcool em gel e banners com informações sobre a Covid-19 distribuídos em vários pontos. Além disso, para entrada e permanência no local, é obrigatório o uso de máscaras.

Serviço:

Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna (Peut). Funcionamento todos os dias, das 6h às 17h, com exceção das terças-feiras, quando o espaço fecha para manutenção. A entrada no local é gratuita. Av. João Paulo II, s/n – Curió Utinga, Belém-PA.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

Últimas Notícias