ITAITUBA

Peixe ficou mais barato no mês de junho, na Grande Belém.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Comprar peixe na Grande Belém ficou mais barato neste mês de junho, segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA). De acordo com o levantamento, feito nos mercados da capital, 38 espécies apresentaram recuo no preço, entre elas a dourada, 10,83% mais barata; e o filhote, cujo preço caiu 5,24%.
Pescado Recuo
Traíra – 18,18%
Pratiqueira – 11,96%
Pescada Gó – 11,44%
Piramutaba – 9,85%
Xaréu – 9,03%
Gurijuba – 7,64%
Pescada Branca – 7,30%
Pescada amarela – 3,42
¨Tambaqui – 3,09%
 A pesquisa foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Economia (Secon) e divulgada nesta sexta-feira (10) e, embora o preço do alimento esteja mais barato pelo segundo mês consecutivo, o Dieese afirma que a maioria das espécies aumentou de preço no primeiro semestre, período de janeiro a junho.
Segundo o supervisor técnico do Dieese no Pará, Roberto Sena, a elevação acumulada se deve, principalmente, aos reajustes verificados no feriado da semana santa. “No entanto, neste momento, o que se observa é estabilização de preços e até quedas como as verificadas nos ultimos dois meses”, analisou o economista.
No mês de julho, a Secon e o Departamento de Vigilância Sanitária (Devisa/Sesma) vão atuar na fiscalização dos preços. “Para garantir o equilíbrio de preço, o abastecimento e a qualidade dos pescados ofertados na capital e no distrito de Mosqueiro”, informou o secretário de Economia, Fábio Lucas Moreira.
Fonte: G1-Pará

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS