ITAITUBA

Polícia chega a dois acusados do assalto em Rurópolis, um morreu.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A polícia foi recebida a tiros por um dos investigados, os disparos por pouco não atingiram os policiais. Após um trabalho de inteligência da polícia civil, foi localizado nesta quarta (11) em Altamira no sudoeste do Pará, um homem acusado de participar do assalto ao banco do BASA em Rurópolis no dia 12 de Abril deste ano, porém ao avistar as viaturas da polícia, o acusado atirou contra as guarnições e terminou sendo alvejado.

As investigações são da Superintendência Regional do Xingu que chegou até Marcio Barbosa, mais conhecido como “Macinho” e que também usava o nome de Barruam, ele estava na Rua G do RUC Jatobá (área residencial construída pela Norte Energia), segundo informações do GTO, estaria na casa de familiares se escondendo.

“O delegado nos pediu esse apoio na incursão na residência, quando chegamos lá houve essa reação e a polícia não teve outra opção a não ser resistir e infelizmente ele veio a óbito” explicou o Tenente Lino do GTO/Altamira.

Barruam também teria participação na venda de drogas na cidade e seria um dos líderes da extinta facção comando classe a – CCA que realizava assaltos na região da Transamazônica e Xingu. O corpo do acusado será encaminhado para o IML para necropsia.

De acordo com as investigações, o acusado tinha uma ficha extensa na polícia, ele estava com um mandado de prisão expedido pela justiça por participação em assalto a banco em Rurópolis no início deste ano, Marcio Barbosa também era acusado de homicídios, entre eles a morte do empresário dono da oficina Nando Motos em Altamira.

Já por volta das 17h30 a polícia prendeu outro acusado, trata-se de Antônio Carlos Rodrigues Pereira, de 36 anos, ele estava no bairro Paixão de Cristo quando foi abordado, Antônio Carlos também é acusado de envolvimento no assalto ao Basa em Rurópolis, para a polícia Antônio Carlos disse que seria apenas o motorista do bando, porém na ausência de um dos assaltantes ele terminou participando ativamente do crime, durante a prisão Antônio caros não esboçou nenhuma reação e foi encaminhado para a superintendência regional do Xingu para prestar depoimento ao delegado Vinicius Dias.

Fonte: http://plantao24horasnews.blogspot.com.br com informações  de Felype Adms

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo