ITAITUBA

Polícia Civil prende duas pessoas durante quinta fase da operação “Rapina” em Porto de Moz

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil de Porto de Moz, no Baixo Amazonas, prendeu durante a quinta fase da operação “Rapina”, que investiga o latrocínio que vitimou o universitário mineiro Gabriel José Jorge Cortêz, em janeiro deste ano, mais duas pessoas envolvidas no crime. Jardele da Silva Andrade e Rafael Duarte Cambiu foram presos pelo crime de receptação.
As investigações apontaram que Jardele é companheira de “Tonelada”, um dos acusados de ter cometido o latrocínio, e teria vendido o celular roubado da vítima para Rafael. Serão realizada acareações entre os acusados e as investigações irão prosseguir.
A quinta fase da operação “Rapina” contou com a participação do delegado Mhoab Khayan e dos investigadores Cavalcante e Sidiney.
Fonte: https://www.facebook.com/plantao24horasnews/

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS