ITAITUBA

Polícia Civil prende mais dois acusados de embriagar e estuprar adolescentes em Conceição do Araguaia

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil cumpriu nesta sexta-feira, 24, as prisões preventivas de mais dois acusados de embriagar e estuprar quatro adolescentes, em Conceição do Araguaia, sudeste do Pará. O jogador de futebol Gilvan de Miranda Alves, 29 anos, de apelido “M3”, e o estudante Lucas Espindola de Lima, 20, conhecido como “Lourão”, foram apontados pelas vítimas como autores do crime juntamente com o também jogador de futebol Jobson Leandro Pereira de Oliveira, 28, preso ontem (23), em Couto Magalhães, no Tocantins. Os crimes teriam sido praticados há mais de uma semana, na chácara de propriedade de Jobson, localizada no município tocantinense.
Gilvan e Lucas receberam voz de prisão, durante a tarde, na Delegacia de Conceição do Araguaia, no momento em que se apresentaram para prestar depoimento no inquérito sobre o caso. As ordens de prisão foram decretadas na manhã desta sexta-feira pela Comarca do município mediante representação conjunta realizada pelo delegado Rodrigo da Motta, titular da Delegacia e responsável pelas investigações, e Ministério Público.
Gilvan é natural de Pau D’Arco, no Pará, mas tem atuação profissional como jogador de futebol em Goiás, onde atuou em clubes como Rioverdense, na cidade de Rio Verde. Atualmente, está com um pré-contrato para se transferir para um clube no Estado de Minas Gerais. Também paraense, nascido em Conceição do Araguaia, Lucas Espíndola reside no município. Conforme o delegado, os dois irão permanecer recolhidos na carceragem da Delegacia e prestarão depoimento na manhã deste sábado, 25. O jogador Jobson de Oliveira permanece também recolhido na carceragem da Delegacia e deve ser transferido ao presídio do Centro de Triagem de Marabá (CTM), neste sábado, 25.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS