ITAITUBA

Polícia prende envolvido em roubo a banco em Cametá

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Um dos envolvidos no roubo a uma agência bancária, ocorrido no começo do mês, no município de Cametá, foi localizado e preso pela Polícia Civil no estado de Tocantins, na quinta-feira, 17. O acusado também tem participação direta no planejamento e execução da ação criminosa. As diligências continuam sendo realizadas para que os demais membros da quadrilha possam ser capturados.

A prisão ocorreu após diligências de equipes da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antissequestro (DRBA/DRCO) na cidade de Wanderlandia, em Tocantins. O suspeito já possui passagem pela Polícia pelo crime de roubo à mão armada e roubo de carga na região do Baixo Tocantins, no Pará. Com a prisão do primeiro envolvido, a expectativa é que em breve novos participantes da ação deverão ser localizados e presos.

Segundo o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado, um forte trabalho na área é feito preventivamente, mas quando ocorre um crime deste tipo, ele é rigorosamente investigado, a fim de identificar e prender os acusados.

“Isso demonstra que além do trabalho preventivo, quando um fato dessa natureza ocorre, a polícia não mede esforços para que os responsáveis sejam punidos, para que a lei seja aplicada e sirva de exemplo para que outros crimes possam ser evitados” – Ualame Machado, titular da Segup.

Sobre o caso – O assalto ao roubo da agência bancária ocorreu na madrugada do 1° de dezembro, na cidade de Cametá, localizada na região do Baixo Tocantins. Na ação, os criminosos fizeram um grupo de moradores da cidade reféns e uma pessoa foi atingida, e não resistiu. Dois veículos usados na ação foram abandonados no momento da fuga. Um no Km 40 da Transcametá e o outro içado no rio Itaperaçu, município de Baião. No primeiro carro, foram encontrados 38 kgs de dinamite, cartuchos e outros itens. No segundo veículo, havia fragmentos, explosivos e projéteis. Nenhum valor foi levado. 

Redução – O número de roubos a agências bancárias reduziu no Pará. No ano de 2018, foram 19 agências roubadas na modalidade ‘vapor’ ou ‘novo cangaço’. Em 2019, foram 15 e, neste ano, três. Em 2020, as ações ocorrem em Ipixuna do Pará, em janeiro; São Domingos do Capim, em abril; e neste mês, em Cametá.

A diminuição dos casos reflete o trabalho intenso de inteligência e integração entre as forças de segurança do Pará e até mesmo com estados próximos, além da identificação e prisão dos criminosos, a fim de não deixar com que fiquem impunes.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS