ITAITUBA

Polícia prende suspeitos de terem assassinado o engenheiro ambiental Ruan, em Altamira.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Após duas semanas de investigação, a Polícia Civil chegou a dois suspeitos de terem participação no assassinato de Ruan Silva da Conceição, engenheiro ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ocorrido no dia 12 de abril, domingo de Páscoa. 

Os suspeitos foram presos na manhã de segunda-feira (27). Trata-se de Patrick do Santos, encontrado na casa de familiares, na rua Londrina, bairro Uirapuru; e Paulo Henrique Almeida Martins, que estava em uma casa localizada na rua Acesso 5, Bairro Aparecida.

Em uma das residências, a polícia encontrou drogas, balança de precisão, R$800 em dinheiro, munições e duas armas provavelmente usadas no assassinato de Ruan. 
A morte do jovem chocou Altamira. Ruan Silva, além de engenheiro ambiental da SEMAT, também era professor de geografia e estava cursando o mestrado na Universidade Federal do Pará (UFPA). Ele não tinha antecedentes criminais. De acordo com a polícia Civil, o inquérito do caso está fechado e três pessoas permanecem foragidas.
Plantão 24 horas News, com informações de Júnior Soares.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo