ITAITUBA

Polícias Civil e Militar apreendem armas durante operação de combate a crimes ambientais em Gurupá

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


As Polícias Civil e Militar prenderam em flagrante, neste final de semana, em Gurupá, na ilha do Marajó, os irmãos Dorinaldo e Dorivaldo de Souza Amaral, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

Com os dois, os policiais apreenderam aves da fauna silvestres em cativeiro e carne de veado e preguiça. A ação faz parte das atividades de combate aos crimes ambientais na região.

Conforme o delegado Geraldo Pimenta Neto, titular da Delegacia de Gurupá, o flagrante resultou de uma operação conjunta realizada por policiais civis e militares no município. Os irmãos foram abordados durante a ação policial. Na casa, foram encontrados os animais e a carne abatida, o que configura o crime previsto no artigo 29, da Lei de Crimes Ambientais: “Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida”.

Ainda, no local, foram apreendidas duas espingardas de calibres 20 e 28, usadas na caça dos animais. Por causa das armas, os dois também foram autuados por porte ilegal de armas de fogo. Ambos permanecem presos à disposição da Justiça.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS