ITAITUBA

Polícias Civil e Militar prendem acusado de matar desafeto por motivo fútil em festividade na zona rural de Breves

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


As Polícias Civil e Militar cumpriram, no sábado, 31, o mandado de prisão preventiva decretado contra Juvenal Cirino Ferreira, 23 anos, acusado de assassinar Raimundo Souza, 22, durante briga em uma festa, na localidade de Antônio Lemos, zona rural de Breves, na ilha do Marajó. Em depoimento prestado à delegada Renata Gurgel, da Superintendência Regional do Marajó Ocidental, o preso confessou a autoria do crime. 

Segundo a policial civil, o homicídio foi registrado no último dia 25, durante a festividade alusiva ao Círio da comunidade. O crime teve motivação fútil. Os dois participavam da festa e acabaram se desentendendo por causa de bebida alcoólica. Juvenal pegou uma faca e desferiu dois golpes em Raimundo que morreu no local.

Após ouvir diversas testemunhas, a equipe de policiais civis da Superintendência chegou ao nome do acusado, que teve o mandado de prisão solicitado pela delegada e deferido pela justiça. Desde então, ele permanecia foragido, até que, durante as investigações, os policiais chegaram ao paradeiro de Juvenal.
Fonte: policiacivil.pa.gov.br

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo