ITAITUBA

População enfrenta dificuldades com a situação precária da BR-308, no PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A situação na BR-308 continua tensa na altura do km 220, no município de Augusto Correa, no nordeste do Pará. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o estado da ponte de madeira que faz parte da rodovia está cada vez mais precário, tornando a travessia de pedestres e veículos perigosa. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e aguarda um posicionamento do órgão.


Na última terça-feira (18), moradores da Vila do Patal interditaram a rodovia ateando fogo na ponte. O protesto foi para pedir a pavimentação da rodovia.
O Núcleo de Operações Especiais da PRF está no local nesta quinta-feira (20) para coordenar a travessia. Crianças, idosos e pessoas com deficiência atravessam a ponte com dificuldades, sendo necessário que policiais auxiliem essas pessoas e até mesmo as carreguem.
“É um protesto pacífico para chamar atenção das autoridades, temos muitas dificuldades. No inverno forma lama, buracos. No verão é a poeira que causa transtornos. Não pedimos só pela ponte, mas para toda a rodovia que está em situação precária”, afirma Elias Cordeiro, dono de um pequeno comércio às margens da rodovia.
A população ainda aguarda a presença do Dnit para tomar as providências. Eles ameaçam realizar novas interdições. De acordo com PRF, em 1999 a rodovia foi federalizada e desde então é prometido o asfaltamento da mesma.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo