ITAITUBA

Prefeitura de Itaituba vai intensificar fiscalizações para conter o avanço da COVID-19

Orla do município de Itaituba (PA). Foto: Weslen Reis / Plantão.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na última sexta-feira (29), o Prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, esteve reunido com órgãos da segurança pública, OAB, Associação Comercial, Poder Judiciário e Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), a fim de definir medidas acerca do cumprimento das estratégias decretadas para contenção da COVID-19.

Na reunião, definiu-se que, a partir das 8h deste sábado (30), as ações de fiscalizações iriam ser intensificadas no município. Os órgãos de segurança vão fazer a cobrança do uso de máscara em via pública, principalmente nos locais com maior aglomeração (orla, centro comercial, restaurantes, farmácias etc.).

Foi definido também que serão realizadas reuniões com o setor comercial para a obtenção da colaboração dos empresários e funcionários no que diz respeito a exigência do uso de máscara e demais medidas de proteção individual e coletiva.

“… Agente decidiu que todos os comércios de Itaituba vão ser fiscalizados. Os dois juízes da comarca vão estar juntos, Polícia Militar, Civil, SEMSA… Todo comércio que não tiver uma pessoa proibindo as pessoas entrar sem máscara, tem que usar de álcool gel vai ser fechado…”, Valmir Climaco.

“… No lugar de fechar tudo, a gente só vai fechar o comércio daqueles que não obedecerem…”, complementou.

Vale ressaltar que, no momento da fiscalização, se houver resistência da parte das pessoas quanto ao uso de máscara, a polícia vai encaminhar a situação para a Delegacia de Polícia Civil para os trâmites legais, conforme prevê a lei.

“… A polícia já tá com o decreto. As pessoas que não tiverem na rua sem máscara vão ser conduzidas para a delegacia e multada. A coisa tá séria. Eu não quero ver essa culpa. […] não queremos ninguém sem máscara na rua”, disse o prefeito.

A decisão objetiva coibir um futuro colapso na saúde pública do município, a qual começa a dar sinais críticos, uma vez que a capacidade hospitalar caminha para o limite de ocupação.

“… Hoje não temos lugar para colocar doentes. […] estamos tudo lotado: a UPA e o Hospital Regional… Itaituba ainda não acabou o oxigênio porque, há 6 meses atrás, nós compramos uma usina”, finalizou.

Boletim Epidemiológico da COVID-19 em Itaituba

O boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (SEMSA), às 13h de ontem, sexta-feira, 29/01, aponta que no município de Itaituba há:

– 7.662 casos confirmados;

– 135 óbitos;

– 10.295 descartados;

– 2.952 casos suspeitos;

– 6.617 recuperados.

Fonte: Plantão 24horas News.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS