ITAITUBA

PRF divulga o resultado da Operação Corpus Christi 2021 no Pará

Foto: Reprodução/Comunicação PRF.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Pará, divulgou na tarde de hoje (07), em âmbito estadual, o balanço da Operação Corpus Christi 2021 contendo os principais indicativos referente aos esforços de fiscalização do órgão para redução dos índices de acidentalidade e criminalidade nas rodovias federais.

Durante os cinco dias de operação, a PRF contabilizou 12 acidentes, sendo 6 de natureza grave, 13 feridos e 4 óbitos. Apesar de um número significativo de óbitos, esses índices representam o trabalho da instituição para reduzir os níveis de acidentalidade, mesmo com o aumento do fluxo de veículos. Os dados são semelhantes a dias rotineiros nas rodovias federais paraenses.

A PRF registrou aumento no fluxo de veículos principalmente na BR-316. Apesar da expectativa de aumento significativo no fluxo de veículos, o que se viu foi um leve aumento no deslocamento de veículos nas rodovias, e este se deu de forma tranquila.

Os dados referentes à fiscalização demonstram que houve um aumento da presença policial, porém a maioria dos acidentes tiveram como causa principal a conduta inadequada de parte dos condutores. As rodovias que ocorreram os acidentes foram a BR-316 com 5 acidentes, a BR-010 com 3 acidentes, a BR-230 com 1 acidente e a BR-163 com 3 acidentes.

Os acidentes que resultaram nas quatro vítimas fatais aconteceram nas rodovias BR-316 e BR-010 nos municípios de Castanhal (PA) e Ipixuna do Pará (PA).

Esforços de Fiscalização
A maior presença ostensiva da PRF nas rodovias deste ano também refletiram maior número de abordados. Um total de 1.394 veículos foram fiscalizados pelos policiais nos cinco dias de operação e 1.705 pessoas foram fiscalizadas. Foram lavrados 1.127 autos de infrações por diversas infrações.

Infrações de Trânsito
Foram lavrados 124 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança, 79 por não uso do cinto de segurança e 120 por Ultrapassagem em local proibido. Com relação à fiscalização de alcoolemia, foram realizados 194 Testes de alcoolemia e lavrados 17 autos de infração, resultando em 8 pessoas presas por este motivo. As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves.

Combate ao Crime
A PRF também esteve presente em relação às ações de repressão ao crime. Foram 33 pessoas presas por diversos crimes, sendo 8 por Dirigir Sob o efeito de Álcool, 2 por Receptação, 4 por Cumprimento de Mandado de Prisão, 4 por Crimes de Trânsito e 17 por crimes diversos. Ainda foram recuperados 2 veículos com registro de roubo/furto.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS