ITAITUBA

Produtores de leite de palestina do Pará comemoram aprovação de financiamentos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Com o apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), cinco pequenos produtores gado leiteiro do município de Palestina do Pará, na região sudeste do Estado, estão na expectativa da liberação do Pronaf A, na semana que antecede o Natal. O Pronaf A é um financiamento no valor de R$26.310,40, que tem como finalidade a construção de cerca de arame liso e aquisição de reprodutor e matrizes de aptidão leiteira.

Na foto, dona Iraci assina seu contrato do Pronaf A no Basa em MarabáDona Iraci Ribeiro da Silva, 72 anos, é uma das moradoras do Projeto de Assentamento Angical beneficiadas, e já assinou o contrato para a liberação dos recursos. Para ela, que produz em média 30 litros de leite ao mês, a expectativa é melhorar a produção.

“Eu, meu esposo e meus filhos estamos trabalhando nessa terra há 8 anos com gado leiteiro. Só nossos, temos 15 animais e produzimos uma média de 30 litros de leite, que vendemos para o laticínio, mas a gente quer melhorar né, e por isso procuramos a Emater para nos ajudar a conseguir o financiamento e, Graças a Deus, saiu”, comemora a produtora.

De acordo com o coordenador do escritório local da Emater em Palestina do Pará, Edynando Lima, os produtores foram orientados pelo escritório em cada passo para o acesso ao financiamento. “Damos todo o apoio para o acesso do Pronaf A, desde a solicitação da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) até a liberação no agente financeiro. Além do acompanhamento e assistência técnica, da implantação até a comercialização, dos produtos”, esclarece Edynando, que ressalta a importância do financiamento para os produtores.

“O acesso ao financiamento é importante para eles aumentem a sua produção, a sua renda e consequentemente melhoria na qualidade de vida”, resume.

No total serão contemplados cinco produtores dos projetos de Assentamento Angical e Açaizal.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS