ITAITUBA

Projeto de indicação emitido pelo vereador Wescley Tomaz solicita o funcionamento de academias e restaurantes, em Itaituba.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O decreto  estadual n° 609/2020,  que determina o fechamento das academias e restaurantes, como medida de combate ao Covid-19, tem afetado financeiramente as pessoas que precisam desses segmentos. Diante dessa realidade, o  vereador Wescley Tomaz solicita ao prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, por meio do projeto de indicação n°09/2020, o funcionamento dos estabelecimentos supracitados, por meio de decreto municipal, mantendo o isolamento vertical e adotando restrições e medidas de prevenção contra o coronavirus.
Vereador Wescley Tomaz. Foto: Weslen Reis/Plantão 24hrs.


A intenção do referido projeto de indicação é que seja voltado um olhar para as pessoas que necessitam desses serviços para sua subsistência, incluindo proprietários, funcionários e familiares. 
” Pois uma recessão implica mais desemprego, mais miséria e queda na arrecadação do governo, que implicaria menos recursos para o próprio sistema de saúde “.
A indicação foi feita sob várias justificativas. Uma delas é que ” o Estado do Pará, ao possibilitar a abertura do comércio em geral com a adoção de medidas de prevenção, e determinar o fechamento de academias e restaurantes, age de forma genérica, e adota dois pesos e duas medidas “. Diante dessa justificativa, é indicado ao prefeito que esses estabelecimentos voltem a funcionar com o atendimento flexibilizado, adotando medidas cautelares no seu âmbito. 
O projeto de indicação prevê ainda regras para que as academias e restaurantes possam funcionar conforme medidas determinadas para contenção da Covid-19 no município. 
Regras para o funcionamento dos restaurantes:
1-  atender apenas 50% do seu público;
2- Não frequentar o local pessoas do grupo de risco;
3- proprietários deverão disponibilizar álcool 70%, bem como pia para lavagem das mãos;
4- deverão manter distância de 1,5m entre as mesas;
5- Funcionários deverão usar máscaras de proteção ;
6- proprietários deverão higienizar bancos, pisos, corrimãos e demais áreas de uso comum com desinfetante  hipoclorito de sódio. 
Regras para o funcionamento  das academias:
1- não deverão frequentar pessoas do grupo de risco;
2- o estabelecimento deverá atender apenas 50% do público ou um n° de pessoas por horários;
3- proprietários deverão disponibilizar álcool 70% para que sejam usados pelos clientes nos equipamentos. Assim como para sua própria higienização;
4- proprietários deverão higienizar os locais de acesso com água sanitária, álcool 70, conforme orienta sistema de Vigilância Epidemiológica;
5- Colaboradores e clientes deverão usar máscaras de proteção. 
De acordo com o vereador, a indicação poderá  contemplar também as igrejas, lanchonetes e espaços esportivos.


VEJA  A INDICAÇÃO:

Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS