ITAITUBA

Projeto Mapas Digitais dá início ao trabalho de campo no bairro da Cabanagem

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Um dos objetivos do Projeto “Mapas Digitais” é fomentar a economia dos bairros, indicando, por meio de aplicativo, onde os moradores podem encontrar vendas de produtos populares como chope, churrasquinho, açaí, entre outros.

“Eu sou a Lucinette Rebouças e me coloco à disposição para ajudar os alunos, inclusive eu vendo cosméticos, quem precisar é só me chamar”, disse a moradora da Cabanagem, arrancando risadas e aplausos da equipe do projeto que se reuniu na manhã desta terça-feira (15) para dar início ao trabalho de campo no bairro. 

“Vamos inserir no mapeamento um item sobre beleza e cosméticos, atendendo assim a dona Lucinette e outras revendedoras do bairro”, disse o coordenador do Mapas Digitais, Paulo Melo, ressaltando a importância do empreendedorismo popular nos bairros do Programa Territórios Pela Paz, onde é desenvolvido o projeto, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) em parceira com a Faculdade de Tecnologia em Geoprocessamento da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Apoio comunitário – Alguns líderes comunitários e moradores da Cabanagem foram convidados a participar da reunião desta terça, realizada na escola estadual José Valente Ribeiro, onde se reuniram os profissionais, estagiários e bolsistas do projeto. A diretora da escola, Ivanilda Vieira, deu boas vindas aos participantes e falou da importância dos moradores colaborarem com a equipe do Mapas Digitais.

Para realizar o levantamento de campo, os alunos bolsistas foram divididos em 10 duplas que irão percorrer as 146 quadras do bairro. “Achei o projeto muito importante, pois com o mapeamento poderemos encontrar no nosso bairro produtos e serviços que precisamos”, disse Lucinette, que se mostrou disposta a ajudar os alunos no trabalho de campo. 

Outra moradora que se prontificou a ajudar a equipe foi a Tatiane Vilar. “Estou de férias neste mês de dezembro e posso contribuir com os alunos nesse projeto que é muito interessante e ajuda as pessoas que têm suas vendas a ficarem mais conhecidas no bairro”, declarou.

Políticas públicas – Os bolsistas do projeto, selecionados nos próprios bairros do TerPaz entre alunos de universidades públicas e privadas, começam a percorrer as ruas da Cabanagem nesta quarta (16) para confirmar o mapeamento dos logradouros e equipamentos do bairro feito durante o trabalho de home office por meio da internet.

“Vamos comprovar o levantamento prévio feito remotamente e acrescentar outras informações como as condições das vias, pontos de alagamento e locais de descarte irregular de lixo”, explicou Paulo Melo. Ele enfatizou que outro objetivo principal do projeto é construir uma grande base de informações que vão nortear o governo na elaboração e implementação de políticas públicas.

As informações levantadas serão disponibilizadas em mapas digitais que estarão disponíveis num aplicativo que já está sendo elaborado pela equipe do projeto.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS