ITAITUBA

Redenção: Polícia Civil prende organização criminosa envolvida em sequestro e extorsão

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil prendeu ontem, em Redenção e em São Félix do Xingu, sudeste do Pará, seis homens envolvidos em um esquema criminoso que tinha por objetivo extorquir dinheiro de um pecuarista do sul do Pará. Durante a ação criminosa, os bandidos chegaram a sequestrar o neto de seis anos da vítima, mas resolveram desistir do plano por causa do cerco policial. 
De acordo com o delegado Antonio Miranda, tudo começou, no final do ano passado, quando o pecuarista, dono de propriedades rurais no sul do Pará, passou a ser extorquido após cair em um golpe. Foram presos Luiz César de Melo, 52 anos; Leandro Cipriano de Souza, 28; Guilherme Dias dos Santos, 21; José Maria Ferreira de Aguiar, 32, e Marcos Alexandre da Cruz Medeiros, 30 anos.
Eles são acusados de sequestrar uma criança de 6 anos de idade a mando de um homem conhecido por Julierme daSilva, que reside em Goiânia. O pecuarista chegou a pagar mais de R$ 1 milhão por um terreno localizado em São Félix do Xingu, que supostamente pertenceria a Julierme da Silva. “Na verdade, tudo não passou de um golpe comandado por uma organização criminosa que atua em vendas de propriedades rurais”, explica Miranda. Segundo o delegado, a vítima descobriu a fraude, após descobrir o verdadeiro dono do terreno. Após descobrir o esquema, o pecuarista passou a ser extorquido e a receber ameaças dos integrantes do grupo criminoso caso não pagasse mais R$ 3 milhões. Assim, ele procurou a Polícia Civil em São Félix do Xingu para denunciar o fato. 
Foi então que o fato passou a ser investigado. Ontem, dia 12, explica o delegado, a organização criminosa formada por seis homens tentou sequestrar o filho do pecuarista em Redenção, mas não obteve êxito chegando ainda a sequestrar o neto da vítima, mas, com a ação rápida dos policiais, os bandidos desistiram do crime e abandonaram a criança. Após a equipe da Polícia Civil receber a informação, foi montado um cerco em todo sul do Estado, fechando as fronteiras da região. Durante as buscas, a equipe policial comandada pelo delegado Alberone Lobato prendeu inicialmente quatro homens envolvidos com o esquema na rodovia BR-158, entre Redenção e a cidade de Santana do Araguaia. Com eles, dois revólveres calibre 38 foram apreendidos.
Depois, em Redenção, foi preso Luiz Cézar de Melo, 52 anos, responsável em prestar auxílio aos comparsas. Em São Félix do Xingu, a equipe comandada pelo delegado Gabriel Henrique Costa prendeu o irmão de Julierme que havia recebido em sua conta mais de R$ 800 mil do dinheiro pago pela vítima. Contra o irmão de Julierme, há três mandados de prisão expedidos em outros Estados. Participaram da operação policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação do Sul do Pará, Superintendência Regional do Araguaia Paraense, Delegacias de Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Redenção. Os criminosos foram autuados nos crimes de sequestro, tentativa de homicídio e associação criminosa, e encaminhados para o Presídio de Redenção.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo