ITAITUBA

Região Oeste recebe reforço com 11 concentradores de oxigênio e EPIs

Além dos concentradores, Estado também recebeu termômetros e álcool em gel, entre outros itens. Foto: Marcelo Seabra/Ag.Pará

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O governo do Estado recebeu, nesta sexta-feira (19), a doação de 11 concentradores de oxigênio e equipamentos para proteção individual (EPI). A doação foi realizada pela ONG Saúde e Alegria em ação articulada pela Secretaria Regional de Governo do Oeste do Pará para combater a Covid-19.

Além dos concentradores, foram entregues ao Estado 20 unidades de termômetro infravermelho, 10 oxímetros, 10 colchões móveis, 10 sapatilhas de proteção, 322 kits de proteção individual contendo 20 aventais, 50 pares de luvas, 100 toucas descartáveis, 103 máscaras, além de mil unidades de álcool em gel.

A distribuição dos concentradores de oxigênio será realizada considerando o cenário epidemiológico, notificação de novos casos, percentual de ocupação das unidades de saúde e logística necessária para o abastecimento de oxigênio.

“O critério para distribuição da doação será a necessidade das unidades de saúde no combate à Covid-19. A nossa coordenação de Saúde da Regional de Governo, junto com a Regional da Sespa, está acompanhando diariamente o avanço da pandemia em cada município e, conforme a necessidade, vamos atender”, explicou o secretário regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto.

Materiais e equipamentos irão auxiliar o poder público no enfrentamento da pandemia. Foto: Marcelo Seabra/Ag.Pará

O secretário também ressaltou a importância de uma articulação do poder público, sociedade organizada e população no enfrentamento à Covid-19. “A pandemia é uma situação que atinge todos e a participação da sociedade neste momento é fundamental. Nosso sentimento é de gratidão”, agradeceu Henderson Pinto.

Caetano Scannavino, coordenador da ONG Saúde e Alegria. Foto: Marcelo Seabra/Ag.Paráp

O coordenador da ONG Saúde e Alegria, Caetano Scannavino, ressaltou que a iniciativa tem como objetivo auxiliar o poder público no enfrentamento da pandemia. “Mais uma ação do projeto Saúde Alegria sem corona que temos unido e somado esforços com governos e organizações de base”, explicou.

“Essa ação é muito importante para beneficiar e atender estes municípios da Região Oeste do Pará, sobretudo com essa parceria com o governo do Estado, que é quem de fato sabe onde realmente existe uma necessidade maior de oxigênio e EPIs. Estamos somando esforços com esses equipamentos e insumos para dar suporte aos profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente”, completou.

Equipamento – O concentrador de oxigênio é um equipamento que capta o oxigênio do ar ambiente e devolve ao paciente de forma filtrada e pura, com capacidade para manter a saturação em níveis aceitáveis.

Agência Pará

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo