ITAITUBA

Regional do Sudeste do Pará orienta sobre as ações no ambiente hospitalar que reforçam a segurança do paciente

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

No Dia Nacional da Segurança do Paciente, lembrado nesta quinta-feira, 1° de abril, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), destacou as principais ações de segurança que ajudam no combate à Covid-19.

Por meio de ações educativas, voltadas aos profissionais e pacientes, respeitando as diretrizes de segurança e sem aglomerações, a unidade destacou a importância da higienização das mãos, uso de máscaras, distanciamento social e uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).
A iniciativa acompanha as atuais restrições promovidas em Marabá e busca conscientizar a população sobre os riscos da Covid-19 e consequências da doença no corpo humano.

As ações na unidade foram realizadas pelo Núcleo de Qualidade e de Segurança do Paciente (NQSP), e pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalares (CCIH).

Durante as ações educativas os departamentos reforçaram todas as medidas de combate contra à Covid-19, além das seis metas de segurança do paciente no ambiente hospitalar. Entre eles: a identificação correta do paciente, comunicação efetiva entre os profissionais de saúde, uso seguro de medicamentos, cirurgia segura, higienização das mãos e prevenção do risco de quedas.

Segundo Valdemir Girato, diretor Hospitalar do HRSP, a data tem como objetivo conscientizar profissionais de saúde, pacientes e seus acompanhantes sobre a necessidade da implementação de práticas que promovam o bem-estar de todos.

“Garantir uma assistência segura aos nossos pacientes, e de forma humanizada, é uma das nossas principais missões. Para isso, nossos colaboradores participam de treinamentos e capacitações regulares que seguem todos os protocolos de segurança”, explicou.

Para o enfermeiro Daniel Henrique, responsável pelo Núcleo de Qualidade no HRSP, o hospital procura diariamente prevenir e melhorar os resultados adversos aos pacientes, reduzindo, ao máximo, os riscos de danos desnecessários à saúde.

“Estamos no meio de uma pandemia global, por isso é fundamental estarmos todos atentos as medidas de segurança. No HRSP, monitoramos diariamente os riscos assistências, além desenvolver regularmente estratégias para minimizar os danos causados pela Covid-19”, explicou.

O HRSP é uma unidade do Governo do Pará, sendo gerenciada pela organização Social Pró-Saúde, entidade filantrópica presente em todo o País. Ao todo, o Regional do Sudeste do Pará conta com 115 leitos, sendo 42 exclusivos para os casos mais graves do novo coronavírus.

Fonte: Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo