ITAITUBA

Representantes regionais se reúnem em Brasília-DF para debater sobre a regularização de garimpos da região.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Uma equipe, composta por seis profissionais de várias áreas, que possuem conhecimento da causa garimpeira e legitimidade para falar em nome da classe, estão em Brasília-DF representando a região, bem como os interesses da classe garimpeira, com intuito de debater sobre a urgência na regularização dos garimpos existentes na região paraense.
Da esquerda para a direita, temos Guilherme Aggens, engenheiro responsável pela elaboração de um amplo estudo, demonstrando as condições precárias em relação à concessão de lavras minerais. Vereador Wescley Tomaz, porta-voz dos garimpeiros que incansavelmente luta pela classe com intuito de fazer com que eles cheguem à legalidade.
Equipe representativa da região em Brasília-DF.
Dra. Luciane Oliveira, advogada defensora da garimpagem legal. Bruno Rolim, secretário de Meio Ambiente de Itaituba, que atua auxiliando os garimpeiros. Edivaldo, presidente da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Crepurizão (COMIDEC), e por último, não menos importante, está Amaro Rosa, presidente da Federação das Cooperativas dos Garimpeiros, atuante na luta pela regularização dos garimpos no estado do Pará.

Fonte: Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS