ITAITUBA

Seduc promove projeto de incentivo ao esporte em parceria com o Governo Federal

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Em atividade há 11 anos na Escola Estadual Almirante Tamandaré, em Belém, e há quatro anos, na Escola Estadual Jaderlândia, em Ananindeua, o Programa Forças no Esporte (Profesp) é uma vertente do Programa Segundo Tempo, do Governo Federal, que tem como objetivo democratizar o acesso à prática e a cultura esportiva, como forma de promover o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, além da inclusão social através do esporte.

Desenvolvido pelo Ministério da Defesa, por meio da Marinha, Exército e Aeronáutica, em parceria com o Ministério da Cidadania e Secretaria Nacional de Juventude, o programa vem sendo aplicado em duas escolas da 7ª Unidade Seduc na Escola (USE). A ideia é que a iniciativa promova a cidadania, melhorando a qualidade de vida dos alunos que estejam em situação de vulnerabilidade.

Atualmente, em média 200 alunos da rede estadual de ensino são atendidos, com idade entre 6 e 17 anos, e que estão regularmente matriculados em ambas as escolas. Dentre as atividades esportivas oferecidas aos estudantes, estão corridas, vôlei, basquete, futebol, além do ensino de como se manusear e utilizar adequadamente a bússola em trilhas pela floresta.

Todas essas ações ocorrem no contraturno escolar, e são selecionados 25 alunos para participarem em cada turno (manhã e tarde), duas vezes por semana. Nas atividades externas, a Marinha fica responsável por buscar e deixar os estudantes nas escolas, além de disponibilizar uniformes do programa e refeições nos locais onde ocorrem as atividades.

De acordo com a diretora da escola Jaderlândia, Rosinilma Pantoja, o  ingresso das crianças no projeto trouxe vários benefícios. “Tivemos um retorno muito positivo, tanto em questões comportamentais quanto no rendimento escolar. O programa contribuiu no aspecto social, cognitivo e desportivo, trazendo ganhos para a vida desses alunos. Percebemos também uma grande adesão das famílias das crianças e interação com o projeto”, afirma a gestora.

A especialista em Educação, da Escola Estadual Almirante Tamandaré, Maria Francineia, conta que além do uso de ferramentas para incentivar a prática e a cultura do esporte, o projeto também visa valorizar o processo de ensino-aprendizagem desenvolvido pelos educadores em sala de aula.

“Além das atividades esportivas, nossos professores ministram palestras de cunho educativo, proporcionando às crianças e aos adolescentes o desenvolvimento da ética, o civismo e a preservação do meio ambiente. Promover a reflexão sobre o respeito, a cooperação e a disciplina também são os pilares que desenvolvemos no projeto, sempre alinhado às práticas esportivas, e o desempenho pedagógico destes na escola”, finaliza a especialista, Maria Francineia.

*Texto: Vinícius Leal e Larissa Silva / Ascom Seduc.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS