ITAITUBA

Seduc realiza edição especial da 4ª Mostra de Rádios Escolares de Belém

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


No ano passado, a edição ocorreu no Teatro Gasômetro, em formato de competição entre escolasNa próxima segunda-feira (21), a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), vai promover a 4ª edição da Mostra de Rádios Escolares de Belém (Morebel). Este ano, devido a pandemia do novo coronavírus, o evento será virtual e vai contar com a participação de secretarias e gestores do Estado, profissionais da área de comunicação, além de alunos e professores que atuaram em outras edições do projeto. A transmissão começa às 18h.

No ano passado, a exposição ocorreu em formato de competição e contou com a participação de dez escolas da rede estadual de ensino, tanto da Região Metropolitana de Belém, como do interior do Estado, que ao final, foram premiados com troféus e medalhas.

Para a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, a iniciativa é de grande importância, pois além de despertar novas vocações na área da comunicação, também promove uma integração com toda comunidade escolar.

“O programa de rádio nas escolas é muito interessante, porque ele desenvolve aptidões em nossos alunos. Aptidões para a comunicação, de integração, e isso é muito interessante do ponto de vista da comunicação. Sem dúvida nenhuma, nossas escolas têm grandes projetos e, esse é mais um dos belos projetos desenvolvidos obviamente, prejudicados pela pandemia, mas que estão em franca expansão. Parabenizo todas as equipes e vamos avante que, se Deus quiser, ano que vem tem muitas outras atividades pela frente”, enfatiza a titular da Seduc.

Morebel é a culminância do “Projeto Rádio na Escola”, da Seduc, desenvolvido por uma equipe de professores radialistasO gestor da Coordenação de Tecnologia Aplicada à Educação (Ctae), Jó Élder Vasconcelos, fala sobre a importância desse projeto nas escolas que, com os desafios impostos por conta da pandemia da Covid-19, ocorrerá de maneira não presencial este ano.

“A Morebel sempre foi um momento de celebração entre os alunos da rede estadual, pois era um evento que contava com a participação de vários radialistas de Belém, além da parceria com a Rádio Cultura. Este ano, por conta da pandemia, não tivemos como dar andamento às atividades com os alunos e professores de maneira presencial. No entanto, vamos utilizar depoimentos de estudantes e educadores que participaram de edições anteriores, para mostrar a importância desse projeto e desse meio de comunicação, no processo de ensino-aprendizagem nas unidades de ensino da Seduc”, afirma o coordenador Jó Élder Vasconcelos. 

O Sistema Educacional Interativo (SEI) integra a equipe de organização do evento desde o ano passado, quando a edição ocorreu no Teatro Gasômetro, em formato de competição entre escolas. Por utilizar as tecnologias como forma de mediar ações pedagógicas, para o coordenador do SEI, Fellipy Soares, “o evento chega para discutir, a partir da experiência das rádio-escolas da Seduc, iniciativas que unem comunicação e educação, principalmente enquanto ferramentas que solidificam os elos aluno-professor-escola, sobretudo no contexto diferenciado em que vivemos, onde os meios de comunicação estão sendo cada vez mais vitais entre as relações sociais”, pontuou.

A mediação da videoconferência será do professor doutor Benedito Machado, que atua na rede estadual há 34 anos e também exerce a função de radialista. Dentre os convidados da Morebel deste ano, a mostra contará com a presença da titular da Seduc, Elieth de Fátima Braga; da secretária de Estado de Cultura, Úrsula Vidal; do presidente da Cultura Rede de Comunicação (Funtelpa), Hilbert Nascimento; do coordenador do SEI, Fellipy Soares; do coordenador da Ctae, Jó Élder Vasconcelos; do professor e radialista, Elvis Lira; da especialista em Pedagogia Escolar, Aldelice Dias, e da mestra em Comunicação, Linguagens e Cultura, Geceline Guimarães.

PROJETO RÁDIO NA ESCOLA

A Morebel é a culminância do “Projeto Rádio na Escola”, da Seduc, iniciativa que é desenvolvida anualmente por uma equipe de professores radialistas do NTE, com fins pedagógicos, unindo a mídia radiofônica e a tecnologia dentro da escola.

Durante as oficinas de rádio-escola, são abordados conteúdos, como: a linguagem radiofônica, locução, produção de roteiros, peças radiofônicas (prefixo, vinheta, spot, entre outros), gravação e edição de áudios, com o intuito de que os alunos possam desenvolver programas de rádios dentro das suas respectivas escolas, abrangendo diversas temáticas.

*Texto: Vinícius Leal (Ascom / Seduc).

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS