ITAITUBA

Segup: população já utiliza serviços 190 e 193 com emprego de nova tecnologia

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A população que precisar ligar para o Centro Integrado de Operações (Ciop) 190, que recebe chamadas de urgência e emergência, e para o Corpo de Bombeiros 193 será atendida por um sistema mais sofisticado e com atendentes requalificados, a fim de prestar um melhor serviço à sociedade.

Isso porque a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) deu início à modernização do Ciop com a implantação do Sinesp-Cad, que é o controle de atendimento e despacho de ocorrência de urgência e emergência disponibilizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJ). A instalação da nova tecnologia teve início na última quinta-feira, 10, pelo Centro Integrado de Operações, o Ciop 190, presente na Região Metropolitana de Belém. Atualmente, mais de 200 cidades em nove unidades da federação, utilizam o Sinesp-Cad. No Estado, a tecnologia é empregada por meio do projeto ‘Falando por Todo o Pará’. O objetivo é integrar as forças de segurança em todo o Estado e melhorar a aproximação com a comunidade.

Logo em seguida, a instalação seguirá para o Núcleo Integrado de Operações (Niop) de Castanhal e, ainda este mês, para a Central de Atendimento e Despachos (CAD) da 3ª Região de Integração da Segurança Pública (Risp), que será instalada nos municípios de São Miguel, Vigia, Santa Izabel do Pará e Tomé-açu.

Também serão beneficiados os moradores das cidades que compõem a 3ª Risp (Bujaru, Castanhal, Colares, Concórdia do Pará, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Irituia, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santa Izabel do Pará, Santa Maria do Pará, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta e São Miguel do Guamá) .

Na prática, quando uma pessoa ligar para o 190 ou 193 da RMB, de Castanhal ou de qualquer uma das cidades listadas acima, a chamada automaticamente é direcionada para a central telefônica Asterisk instalada no Ciop, em Belém, e encaminhada, automaticamente, para o Núcleo Integrado de Operações (Niop) ou para a CAD mais próxima do local da ocorrência, para assim, as viaturas da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros ou do órgão de segurança mais próximo possam ser acionados para atender ao chamado. Poderá ocorrer, também, situações onde as linhas telefônicas estiverem ocupadas, de um segundo atendente, localizado em outra cidade, receber a ligação, fazer o registro e repassar as informações para o local de origem da ocorrência. Desta forma, haverá o aumento no número de atendimentos e a agilidade para a ação.

A troca do sistema é acompanhada por servidores da Senasp/MJ e da Diretoria de Tecnologia da Informação e Telecomunicações (Ditel/Segup), que possui um cronograma para levar a modernização para os quatro cantos do Estado. “O nosso objetivo é ter, até o mês de junho do próximo ano, 40 CADs instalados e integrados e, até o final de 2021, teremos 57 centrais implantadas”, ressaltou Odiney Nogueira, titular da Ditel.

Desde quinta-feira, as mudanças já podem ser percebidas com a utilização do Sinesp-Cad. Os dados registrados no Ciop passaram a integrar o sistema nacional de ocorrências e com isso houve a atualização do sistema de mapa (Google Maps), dando mais exatidão ao preenchimento da ocorrência.

Veículos

O SienspCad também integra a base de dados de furtos e roubos de veículos nacionalmente, ou seja, quando um carro é roubado e comunicado ao Ciop, ele é registrado de forma imediata no sistema de alerta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) por até 72 horas. Após esse prazo, se o dono do automóvel não registrar um boletim de ocorrência, o registro é retirado automaticamente. Antes, a pessoa informava o roubo ou furto do veículo, mas não havia o registro automatizado em nenhum sistema, somente depois do registro do boletim de ocorrência. Como as primeiras horas são fundamentais para a localização, isso aumenta as chances do veiculo ser recuperado em um menor espaço de tempo.

Para o titular da Segup, Ualame Machado, inúmeras são as vantagens obtidas com a mudança. Segundo ele, o novo sistema instalado no Ciop e que será implementado em cerca de 40 cidades do interior do Pará, até o ano que vem, moderniza a Central de Atendimento de Despacho, possibilitando que a população de cada local ao ligar para o 190, 193 seja direcionado diretamente aos órgãos de interesse, bombeiros ou Polícia Militar de forma gratuita, não havendo a necessidade de ligar para um número particular, de algum batalhão, grupamento dos bombeiros.

“A gente integra todo o Estado, no sistema ‘Falando por todo o Pará’, que é o nosso projeto que proporciona acessibilidade ao sistema de segurança e rapidez a toda à população. Além disso, a gente moderniza o sistema, utiliza um modelo implementado pela Senasp, vinculada ao Ministério da Justiça. Um sistema também gratuito, deixando de pagar um instrumento privado que era utilizado” – Ualame Machado, secretário de Segurança Pública.

Novas instalações

Além da modernização do sistema, no próximo ano, o Centro Integrado de Operações contará com um novo espaço localizado no Centro Integrado de Comando e Controle. O novo Ciop terá instalações e equipamentos modernos, a exemplo das câmeras de reconhecimento facial, que ainda este ano estará em funcionamento.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS