ITAITUBA

Sespa e Seap treinam profissionais de saúde do sistema penal para realização de testes rápidos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Em alusão ao ‘Dezembro Vermelho’ – campanha de combate e conscientização da AIDS – profissionais de saúde do sistema penal começaram a ser treinados para realização de testes rápidos para doenças sexualmente transmissíveis. O projeto é uma parceria entre a Diretoria de Assistência Biopsicossocial (DAB), da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), e a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A capacitação iniciou na quinta-feira (17), na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Santa Izabel.

Para a assistente social da Coordenação Estadual de ISTs/Aids da Sespa, Andréia Miranda, as testes minimizam o agravamento reacional dos pacientes. “O objetivo do treinamento é a capacitação dos profissionais da UBS na metodologia e entrega de resultado. Durante a ação, foi ensinado as técnicas dos testes rápidos com a metodologia adequada, especificação, aconselhamento e entrega dos resultados”, ressalta.

Dentro da unidade já eram realizados os testes rápidos nos internos, porém o treinamento busca a ampliação desse serviço, de forma técnica e qualificada, abrangendo toda a equipe biopsicossocial: enfermaria, psicologia e assistência social. De acordo com a enfermeira da Cadeia Pública de Jovens e Adultos (CPJA), Clícia Santos, o curso oferecido é importante para o conhecimento dentro do polo. “Já eram feitas as testagens nas unidades, mas a capacitação trouxe melhoria para que haja uma metodologia mais aperfeiçoada”, afirmou.

O projeto de treinamento foi pensado desde janeiro de 2019, mas foi impossibilitado de entrar em vigor no início do ano devido a pandemia da covid-19. “Em janeiro de 2021, o suporte de testes rápidos será retomado nas casas penais, além das ações de saúde, e a metodologia da capacitação será implantada em todas as unidades pelos próprios servidores lotados. Além disso, no mesmo mês, está sendo planejado o desenvolvimento de treinamento de testes em outras doenças, como hipertensão, diabetes, entre outras”, explica a diretora da UBS, Marineth Alves.

Fonte: Governo PA

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo