ITAITUBA

Suspeito de assassinar indígena é morto após intervenção policial, em Jacareacanga

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Um homem identificado como André Augusto Vinhote Brabo, conhecido pelo apelido de “Lacoste”, suspeito de ter assassinado a tiros o jovem indígena Arlesson Glória Panhum da Silva, de 21 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira (04), após intervenção policial em Jacareacanga.

Segundo informações da polícia, era por volta das 00h50 quando uma guarnição da Rocam PM e Polícia Civil, iniciou uma operação conjunta no município de Jacareacanga com o intuito de localizar e capturar os responsáveis pelo homicídio do indígena. 

À esquerda, André Augusto, suspeito morto após operação policial. À direita, Arlesson Glória, vítima. Fotos: reprodução.
No transcorrer das diligências, André foi visto pela  guarnição no bairro Bela Vista. Ao perceber a aproximação dos policiais, ele empreendeu fuga e se refugiou em uma casa aparentemente abandonada. 

Informou a polícia que, neste ínterim, André teria sacado uma  arma de fogo revólver calibre 38 e apontado em direção à guarnição, sinalizando ameaça. Diante disso, na tentativa de repelir o iminente risco de morte, a polícia revidou. 

André foi atingido pelos disparos, socorrido e encaminhado ao hospital Municipal de Jacareacanga, no entanto, não resistiu e foi a óbito. 

Arma apreendida que estaria em posse do acusado. Foto: reprodução 

Ainda conforme informações apuradas, o suspeito pertencia a uma facção criminosa e era acusado tanto pelo homicídio do indígena, quanto por tentar contra a vida de outros indivíduos do município.


Homicídio 

Arlesson Glória Panhum da Silva, conhecido como ‘Nena’, foi assassinado a tiros por volta das 21h40 da noite do dia 31 de Agosto, em um bar localizado próximo a uma praça no município de Jacareacanga. 

De acordo com informações de pessoas que estavam no local, o assassino chegou bem próximo ao indígena no bar e começou a realizar vários disparos de arma de fogo contra ele. Pelo menos 3 tiros acertaram Arlesson. 

Ele ainda foi socorrido e levado ao hospital de Jacareacanga, mas não resistiu e foi a óbito ainda na noite de segunda-feira (31). 

Na foto abaixo mostra Arlesson na mesa do bar juntamente com outro amigo, cerca de 20 minutos antes de ser vítima de homicídio.

Imagem registrada momentos antes do crime. Foto: reprodução 
Tentativa de homicídio 

Arlesson, segundo informações, teria sofrido no mês de Maio deste não, juntamente com o primo, identificado como Douglas Ribeiro Martins, conhecido como “Beto”, de 30 anos, uma tentativa de homicídio.

Na ocisão, Arlesson estava com o primo em frente a sua residência quando dois homens, não identificados, chegaram em uma moto modelo Fan de cor vermelha e começaram a atirar contra os dois. 

Douglas foi atingido, passou por cirurgia e, no momento atual, está em processo de recuperação. 


Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo