ITAITUBA

Três pessoas são baleadas em tentativa de homicídio no bairro Bom Remédio, em Itaituba

João Victor foi baleado no braço. Foto: Caçula Lucena

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Três pessoas identificadas como João Victor Simões Leal, de 24 anos, Mirian Aparecida Spindola Sales, de 34 anos, e Leonardo, foram baleadas durante tentativa de homicídio.

Ação criminosa ocorreu na noite desta última quinta-feira (10), em um lava jato localizado no bairro Bom Remédio, em Itaituba.

De acordo com informações, um dos acusados, identificado como Maycom da Cunha Hothovolpho, de 30 anos, conhecido pelo apelido de “Maycom Doido”, teria ido ao lava jato e perguntado por João Victor, conhecido pelo apelido de “Chupeta”, ocasião em que o mesmo se identificou.

Nesse momento, em ato contínuo, Maycom teria se apropriado da arma de fogo tipo revólver a qual carregava, e efetuado disparos contra “Chupeta”, o qual foi atingido no braço esquerdo.

Uma vez que várias pessoas estavam no local e presenciaram, uma mulher identificada pelo prenome de Karol, teria entrado na frente com intuito de proteger “Chupeta”, momento em que foi baleada na região do Tórax.

Em ato contínuo, um homem identificado como Leandro também foi vítima de disparo sendo baleado na mão. Imediatamente, “Chupeta” teria saído correndo sendo perseguido por Maycom o qual continuava atirando. Após cessar a perseguição, Maycom teria fugido de moto com o seu comparsa.

As vítimas foram socorridas e levadas para atendimento médico no Hospital Municipal de Itaituba – HMI.

De posse de informações levantadas, a Polícia Militar saiu em diligências e conseguiu localizar e prender os dois acusados, os quais confessaram participação no crime.

Acusados do crime Foto: reprodução

De acordo com informações apuradas, Maycom, que saiu há 7 dias do presídio de Alvará, foi preso em frente de sua residência localizada na 14ª rua do bairro Bom Jardim. Por outro lado, Mateus Costa Guedes, de 21 anos, conhecido pelo apelido de “Matheusinho” foi preso em um bar localizado na 5ª rua com São José.

Diante disso, o fato foi comunicado ao delegado de plantão e ambos foram conduzidos para a 19ª Seccional de Polícia Civil para as devidas providências. A moto e a arma utilizadas no crime não foram localizadas.

 

Fonte: Plantão 24horas News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo