ITAITUBA

Tribunal do juri condena picoleseiro a 12 anos de prisão em Itaituba.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Em mais um júri popular ocorrido em Itaituba foi levado a julgamento na quinta feira (14) Elízio Alfredo que trabalhava vendendo picolé, que matou no dia 17/08/2015, na travessa Justo Chermont com Sétima rua do bairro Bela Vista, Claudiana Rego Silva, que morreu ao dar entrada no HMI.

Elízio foi condenado a 12 anos de reclusão pelo homicídio e continua encarcerado no presídio de Itaituba.

≤≥ Blog RPI

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo