ITAITUBA

Triplo homicídio em Santa Isabel pode ser acerto de contas Vítimas foram executadas por dois atiradores.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil de Santa Isabel do Pará investiga um provável acerto de contas ocorrido em um apartamento do município na noite de terça-feira (26). Três pessoas foram assassinadas a tiros de calibre ponto 40, de uso exclusivo das polícias. Há indícios de que as vítimas, uma mulher e dois homens, integrassem uma quadrilha especializada em roubos a bancos.

 Dois homens em uma moto foram vistos na cena do crime e fugiram logo em seguida. O apartamento no conjunto de prédios conhecido como ‘Carandiru’ foi totalmente revirado como se os assassinos estivessem procurando por algo, o que levou a polícia à tese de acerto de contas. Dois suspeitos já foram identificados.

Uma das vítimas identificada como Ivaneide Tavares de Azevedo, 35 anos, morava no último bloco, em um apartamento no segundo andar. Testemunhas disseram que estava em frente ao bloco conversando com o companheiro identificado apenas como Cristiano e com outro homem identificado como ‘Zé Pequeno’. Os dois foram as outras duas vítimas.
Os homens da motocicleta chegaram atirando. As três vítimas correram para dentro do apartamento, mas foram perseguidos pelos atiradores. Ivaneide foi morta com cinco tiros na cabeça. Havia marcas de tiro por todo o apartamento, que ficou todo revirado. O delegado Paulo Henrique Ribeiro Junior, da Delegacia de Santa Isabel, disse a elucidação do crime pode levar a prisão de outros membros da quadrilha. ‘Entraram para matar e encontrar algo. Deve ter ocorrido alguma desavença na facção e estamos investigando’, disse.

Os corpos de Ivaneide e ‘Zé Pequeno’ foram encontrados primeiro pelas poucas pessoas que tentaram ajudar depois que os assassinos fugiram. Ivaneide foi morta no sofá e o homem no quarto. O corpo de Cristiano foi encontrado debaixo da cama.
Na entrada do bloco era possível ver as marcas da violência da ação. O vidro da porta de entrada do bloco quebrou com um tiro e a parede das escadas de acesso ao segundo andar tinha marcas de bala. Os atiradores usaram duas pistolas para executar as vítimas.
Ainda no local, a polícia recebeu denúncias de que Cristiano tinha envolvimento com assaltos e fazia parte de uma quadrilha que planejava cometer um roubo nos próximos dias. No entanto, uma parte da quadrilha soube que Cristiano e outros comparsas já tinham cometido o assalto e resolveram se vingar do parceiro. Ivaneide supostamente foi morta apenas por estar no local junto com o alvo. Não se sabe se ‘Zé Pequeno’ também era alvo dos assassinos.

Fonte: O liberal

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo