ITAITUBA

Valmir Climaco x Ivan D’Almeida: debate eleitoral acontece hoje na TV Tapajoara, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O primeiro debate eleitoral entre os candidatos à prefeitura de Itaituba, acontece neste sábado (31) e será transmitido pela Tv Tapajoara, afiliada do SBT.

O candidato Valmir Climaco da Coligação do Trabalho, que é o atual prefeito da cidade, irá debater sobre temas e falar de propostas de governo juntamente com o candidato Ivan D’Almeida, da Coligação União pela Vitória.

Valmir Clímaco / Ivan D’Almeida. Fotos: reprodução

O debate será mediado pelo professor e diretor de jornalismo da Tv Tapajoara, Weliton Lima. Uma estrutura está sendo preparada para receber os candidatos e suas equipes de assessoria. Devido a pandemia da Covid-19, não será permitido a presença de plateia e o número de pessoas dentro do estúdio será reduzido.

Todas as medidas de higiene serão tomadas para garantir a segurança de todos os participantes. O portal On News participará com exclusividade do debate e trará todas as informações deste importante momento para o município de Itaituba.

A jornalista Sammya Ferreira, redatora chefe do portal, falou sobre a importância de debates como esse. “ É notável a importância dos debates políticos para o cidadão ter mais conhecimento sobre seus candidatos. Neste momento, é interessante focar na posição do seu candidato em relação a temas que são prioritários para você, eleitor ou eleitora, e também para seu círculo social. A mudança que desejamos ver em nosso município começa por aí”. ressaltou. 

Estúdio onde será realizado o debate eleitoral 2020 – Foto: On News

A TV Tapajoara canal 7.1, transmitirá o debate entre Valmir Climaco e Ivan D’Almeida a partir das 17h45m com término previsto para às 19h45m. 

Qual a importância do debate politico? 

Os debates eleitorais possuem muita relevância por vários motivos. Primeiramente, é importante destacar que eles se tornaram ainda mais importantes para as eleições de 2020. Por causa da pandemia do novo coronavírus, as campanhas ficaram mais curtas e com menos gastos do que nos anos anteriores, os candidatos enfrentam dificuldades para divulgar suas candidaturas e propostas. 

Nesse contexto, os debates televisionados tornam-se uma oportunidade ímpar de exposição. Enquanto o bloco de propaganda eleitoral na TV e no rádio dura apenas 10 minutos neste ano – que por sua vez são divididos entre os candidatos -, os debates podem levar horas. É tempo suficiente para discutir muitos assuntos e deixar uma boa impressão na mente do eleitor. 

Mas o debate eleitoral não é bom apenas para os candidatos. Por serem espaços de confronto de ideias, o eleitor tem uma grande oportunidade de comparar os posicionamentos dos candidatos e alcançar conclusões mais contundentes a respeito deles. 

Além disso, o debate eleitoral é o momento da campanha em que os candidatos estão mais expostos. É possível conhecê-los de uma forma que não conseguiria pelas propagandas ou comícios. Nas propagandas, toda a atenção está voltada para o candidato e tudo já foi preparado para que ele transmita uma boa imagem. Já em um debate, essa atenção é dividida com os adversários. Nada está posto: o candidato pode sair muito bem, ou muito mal na foto. Melhor ou pior do que seus concorrentes. Tudo depende de sua capacidade.

O fator improviso é mais um elemento que torna o debate um momento muito especial. Não há como fugir: em um programa transmitido para milhares de pessoas, cujo “roteiro” (ordem e teor dos temas e perguntas) é definido na hora, os candidatos têm grandes chances de serem pegos de surpresa. Para além de preparo prévio e de propostas consistentes, é preciso muito traquejo para elaborar boas respostas. 

No Brasil, as emissoras realizam debates com estruturas variadas. Mas de modo geral, o programa costuma ter um mediador, pessoa que conduz um debate, sendo uma figura neutra que apresenta as regras, organiza e conduz as falas dos candidatos. Outra regra básica é que haja tratamento igual a todos os participantes por parte da emissora. 

Regras mais específicas variam, como a divisão dos blocos do debate e o tempo de formulação de perguntas, réplicas, tréplicas e direitos de resposta. Ao longo dos debates, discorre-se sobre temas pré-definidos ou então escolhidos livremente. As perguntas podem ser feitas entre os próprios candidatos, pela plateia, por jornalistas ou até mesmo pelos mediadores. 


Fonte: On News

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS