ITAITUBA

Vasco é superado pelo Athlético-PR e perde de 3 a 0

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


O Vasco foi superado pelo Athlético Paranaense, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (27/12). Jogando na Arena da Baixada, o jogo terminou 3 a 0 para a equipe do Paraná. Com esse resultado, o Vasco permanece na mesma posição. O próximo jogo do Cruzmaltino na competição será diante do Atlético Goianiense, na quinta-feira (07/01), às 21h, no Estádio Antônio Accioly.

O Vasco começou o jogo indo para cima do adversário. Logo no primeiro minuto de jogo, Neto Borges invadiu a área pela esquerda e inverteu a jogada para Vinícius que acabou chegando atrasado no lance, por muito pouco o placar não foi aberto. Aos 5, Léo Matos chegou cruzando de primeira pelo lado direito, procurando Germán Cano, antes de chegar no artilheiro a zaga adversária afastou. Aos 9 minutos, o Athlético Paranaense abriu o placar com Nikão, após erro na saída de bola do Vasco: Athlético 1 a 0. O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 29 minutos, Léo Matos avançou pela direita, cortou para o meio e arriscou a finalização, obrigando o goleiro Santos a ceder o escanteio. Na cobrança, por pouco a bola não sobrou para Marcos Júnior livre dentro da área.

Aos 34 minutos, Carlinhos cobrou falta na entrada da área, Neto Borges desviou para dentro da área e achou Germán Cano livre, o artilheiro como de praxe colocou para dentro, porém o gol foi anulado pelo VAR, por posição irregular do argentino. Aos 37, em outra descida do Athlético Paranaense pela direita, Léo Citadini chutou, obrigando Fernando Miguel a fazer a defesa. O goleiro espalmou no pé do Carlos Eduardo, que ampliou: Athlético 2 a 0. Apesar do gol sofrido, o Cruzmaltino continuou incomodando a meta adversária. Aos 40, Juninho avançou pelo meio, cortou dois adversários e arriscou a finalização, obrigando o goleiro a fazer a defesa.

O Vasco voltou com outra postura na segunda etapa, procurando diminuir a diferença no placar. Logo aos 3 minutos, Gustavo Torres recuperou a bola na intermediária e tocou para Talles Magno, a bola acabou desviando na zaga e sobrou para Germán Cano, o atacante driblou o zagueiro e anotou outro gol. Porém em outra oportunidade de gol, o VAR novamente anulou, alegando posição irregular. Aos 6 minutos, o Gigante da Colina voltou a incomodar, Carlinhos arrancou pelo meio e arriscou a finalização, obrigando o goleiro a fazer a defesa.

Sob seus domínios, o adversário conseguiu equilibrar as ações e chegou duas vezes, parando em ótimas defesas do goleiro Fernando Miguel. Aos 11 minutos, Léo Gil recebeu com liberdade pelo meio, levantou a cabeça e achou um belo passe para Gustavo Torres, o atacante entrou livre na área e acabou cabeceando por cima do gol. Aos 15 minutos, em outra chegada do adversário, Carlos Eduardo carregou, chutou firme e ampliou o placar: Athlético 3 a 0. Aos 21, Léo Gil cobrou escanteio pela direita e achou Werley livre na área, o zagueiro chegou cabeceando por cima. O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 32 minutos, após belo levantamento de Carlinhos, Gustavo Torres testou com força e por pouco não diminuiu. Aos 47, Gustavo Torres invadiu a área pela direita e levantou para Tiago Reis livre na área, o atacante mandou por cima do gol.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo