ITAITUBA

Vegetação é destruída para erguer cais residencial às margens do rio Tapajós, em Itaituba

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Uma parte da vegetação localizada às margens do rio Tapajós, em Itaituba, foi destruída para dar lugar a construção de um cais que será extensão de uma residência de um empresário do ramo da construção civil. 

Nas imagens é possível ver que o trabalho de uma máquina retroescavadeira abriu uma ampla cratera que acabou modificando uma parte do meio ambiente localizado no bairro da Rabelo, conhecido como ‘Beco do Aracu’. 

Local onde o espaço natural deu lugar à modificações artificiais. Fotos: Weslen 

Diante do exposto, o empresário afirmou que possui autorização para modificar o lugar, atrelado ao projeto de contrapartida à população local afetada. 


Todavia, procurado, o secretário de Meio Ambiente, Bruno Rolim, relatou que o órgão não emitiu licença para a construção da obra, e que inclusive houve emissão de notificação com pedido de paralisação da obra. 

Máquina trabalhando no local. Foto: Weslen Reis 


Em virtude de que o local é visitado por banhistas, tendo em vista a pequena praia que anualmente se forma, o secretário afirmou que a obra será acompanhada com intuito de que haja a materialização de contrapartida aos moradores. 


Plantão 24horas News  

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS