ITAITUBA

Vereador é preso em operação contra fraudes no seguro defeso no Pará

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Pelo menos 15 pessoas foram presas pela Polícia Federal nesta quinta, 22.


O vereador da Câmara Municipal de Belém e pastor Raul Batista (PRB) foi preso na manhã desta quinta-feira (22) durante operação deflagrada pela Polícia Federal que combate fraudes na concessão do seguro defeso no Pará. Segundo a PF, ele é apontado como um dos líderes da quadrilha. De acordo com a assessoria do político, o advogado que fará a defesa de Batista está a caminho da sede da Superintendência da Polícia Federal, em Belém.

Até o fim da manhã, 15 pessoas foram presas sob suspeita de participação no esquema fraudulento. No total, foram expedidos 18 mandatos de prisão temporária e 17 de busca e apreensão.
Os mandados foram cumpridos na Grande Belém e em outras regiões do estado, incluindo localidade da ilha do Marajó. De acordo com as investigações, uma associação criminosa agia fraudando informações para conseguir seguro defeso, benefício concedido para pescadores durante o período em que a pesca fica proibida para a reprodução das espécies de pescado.

Segundo o superintendente da Polícia Federal, Ildo Gaspareto, os suspeitos devem prestar depoimento e ficar presos por cinco dias. As prisões podem ser prorrogadas de acordo com as análises das provas obtidas na operação.
Na hora da prisão, os agentes teriam encontrado R$ 100 mil em dinheiro com o Vereador e Pastor .

Segundo a superintendência da Polícia Federal, os suspeitos devem prestar depoimento e ficar presos por cinco dias, que pode ser prorrogado de acordo com as análises das provas obtidas na operação.

Fonte: http://uruaraemfoco.blogspot.com.br/

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS

error: Entre em contato conosco para solicitar o uso de nosso conteúdo