ITAITUBA

Vigia-de-Nazaré: Polícia Civil prende dupla acusada de homicídio e receptação de moto roubada

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A Polícia Civil prendeu em flagrante, durante operação policial, em Vigia de Nazaré, nordeste paraense, José Loureiro da Silva, 54 anos, de apelido “Maranhão”, acusado do crime de homicídio, cuja vítima foi Francisco Martins Ramos, de apelido “Negão”. O crime teria sido resultado uma discussão em relação à mulher do acusado. Após ser preso, o acusado foi ouvido em depoimento, em que confessou o crime, sob alegação de que, após beber, teve uma briga com a vítima. Durante a confusão, José aplicou um golpe de faca em Francisco.
O filho do acusado também teria participado do crime. Segundo o delegado Alexandre Lopes, titular da Unidade Integrada Pro Paz de Vigia de Nazaré, o filho do acusado, ao saber da discussão, teria ido atrás da vítima e desferido diversos tiros, que a levaram à morte. Após o crime, o outro acusado fugiu. Uma perícia feita por uma equipe de peritos criminais constatou de forma preliminar que a vítima foi morta cinco disparos de arma de fogo e tinha ferimentos de faca pelo corpo. As investigações prosseguem para se chegar ao paradeiro do outro acusado.
RECEPTAÇÃO Está preso, por crime de receptação de uma moto roubada, Adriano Borges Ribeiro, 24. Ele foi flagrado enquanto pilotava a moto que estava sem placa. Ele foi abordado por uma equipe policial e questionado sobre o veículo, mas não apresentou qualquer documentação da moto, sob alegação de que teria adquirido o veículo do suposto proprietário que teria perdido a documentação. Adriano foi conduzido para a UIPP, onde após checagem do banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito, foi constatado o registro de roubo. Assim, ele ficará preso à disposição da Justiça. O veículo foi encaminhado para perícia e depois será entregue ao dono.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS