ITAITUBA

William entra para o top 10 de artilheiros palmeirenses de todos os tempos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


A vitória do Palmeiras por 3 a 0 diante do Bahia, no Allianz Parque, na noite deste sábado (12), pela 25ª rodada do Campeonato Brasileirorendeu marcas individuais a alguns jogadores: um deles é Willian Bigode, que, ao abrir caminho para o triunfo, logo aos 5 minutos de bola rolando, fez o gol que o colocou no top 10 de artilheiros palmeirenses na história do Brasileirão em todos os tempos.

“Começamos um pouco desatentos, dando oportunidades para uma equipe perigosa, mas nos acertamos, ajustamos e começamos a marcar desde lá na frente com intensidade, conseguimos criar o que estudamos”, declarou o jogador no intervalo da partida.

No total, este foi o 55º gol de Willian pelo Palmeiras, fato que o coloca, isoladamente, como vice-artilheiro do Palmeiras no século, por qualquer competição, atrás só de Dudu (70 gols), deixando para trás Vágner Love (54 gols, agora 3º colocado).

Desses 55 gols de Willian pelo Palmeiras, 27 foram pelo Campeonato Brasileiro, já com o desta noite, fato que faz do camisa 29 o novo integrante do top 10 de maiores artilheiros palmeirenses na história do Brasileirão em todos os tempos, ao lado de Edu Bala, em 10º. Completam a lista: Evair (9º, com 28 gols), Jorginho Putinatti (8º, com 29), Jorge Mendonça (7º, com 31), Toninho Catarina (6º, com 32), Edmundo (5º, com 34), Ademir da Guia (4º, com 36), Leivinha (3º, com 40), Dudu, Eduardo Pereira Rodrigues (2º, com 41 gols) e César Maluco, líder do ranking, com 61 bolas na rede pelo Campeonato Brasileiro.

Willian é o jogador do Palmeiras que em mais jogos esteve presente em campo na atual temporada: atuou em 52 dos 55 possíveis – antes de retornar no último dia 2, quando, inclusive, deixou sua marca – repetiu gol no jogo seguinte, no sábado (05) – sendo que na última terça, 08, completou 200 jogos pelo Verdão contra o Libertad-PAR, havia ficado de fora dos três compromissos anteriores por ter contraído o novo coronavírus

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS