sexta-feira, abril 12, 2024

Acusado de matar jovem por dívidas com o tráfico de drogas é condenado a 16 anos de prisão em Santarém

Rakson Luís Sousa dos Santos deverá cumprir a pena em regime fechado.

Acusado de matar a tiros um jovem de 18 anos em janeiro de 2017, em Santarém, oeste do Pará, Rakson Luís Sousa dos Santos foi condenado nesta terça-feira (23) a 16 anos de reclusão em regime fechado. Esse foi o segundo julgamento do réu pelo mesmo crime. No primeiro, em 25 de outubro de 2018, ele tinha sido condenado a uma pena de 18 anos de reclusão. Na época, a Defensoria Pública recorreu da sentença, e Rakson pôde ser julgado por um novo Conselho de Sentença.

O juiz titular da 3ª Vara Criminal de Santarém, oeste do Pará, Gabriel Veloso, ao proferir a sentença no fim da tarde desta terça, negou a Rackson o direito de recorrer da sentença em liberdade.

Rackson foi condenado por homicídio qualificado por meio que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, Marcos Henrique Ferreira Silva, 18 anos. O jovem foi morto a tiros na madrugada do dia 12 de janeiro de 2017, em frente à sua residência, na rua Resistência, bairro Santarenzinho.

Segundo a acusação, Rakson matou Marcos Henrique em virtude de dívidas com o tráfico de drogas.

Nesse segundo julgamento atuou na acusação a Promotora de Justiça Maria Macedo Dantas, titular da 4ª Promotoria de Justiça de Santarém. Já a defesa ficou a cargo do Defensor Público George Aguiar Sousa.

Fonte: G1 Santarém

RELACIONADOS

Mais Visualizados