quinta-feira, maio 23, 2024

Após ser socorrido pelo Samu, jovem é preso com drogas e morre dentro de cela da delegacia

Arthur Antunes Bahia, de 27 anos, foi preso durante atendimento médico após ter sido espancado por desafeto. Com ele a polícia encontrou drogas.

Um jovem de 27 anos morreu dentro da cela na delegacia de Polícia Civil de Monte Alegre, no oeste do Pará, no domingo (26). Arthur Antunes Baía foi preso com drogas, enquanto recebia atendimento médico no hospital.

De acordo com familiares, Arthur foi espancado, por isso estava no hospital, mas acabou sendo preso e levado para a delegacia antes mesmo de ter passado pelo atendimento médico. A irmã de Arthur contou que a polícia disse que precisava levá-lo, porque ele foi pego com entorpecente.

“Um dos policiais falou ‘bora levar ele, ele já está conversando, então ele não está muito ruim’, ou seja, ele não merecia um tratamento? Por mais que ele tivesse errado como fosse”, desabafou Jaqueline Baía, irmã de Arthur.

Arthur foi espancado por desconhecido na rua e ficou desacordado. Porém, durante o atendimento médico, um profissional de saúde encontrou drogas com ele, por isso a polícia foi acionada. A Polícia Militar informou que ele foi apresentado na delegacia após receber alta do hospital.

“Foram feitos os primeiros socorros à vítima que estava acompanhada da namorada e dentro da ambulância o socorrista encontrou no bolso da vítima entorpecente. O acusado da agressão também foi conduzido. Após receber alta a vítima também foi conduzida para a delegacia onde foi apresentado para os procedimentos cabíveis”, contou o Capitão Leonardo Dutra, do 18º BPM.

Esclarecimento

Por meio de nota, a Delegacia da Polícia Civil de Monte Alegre esclareceu “que aproximadamente às 3h da manhã do dia 26/03 houve o atendimento de uma ocorrência apresentada pela Polícia Militar de uma lesão corporal que vitimou Arthur Antunes Baia da Luz em decorrência de ferimento contuso com um pedaço de madeira.

Contudo, durante o atendimento médico-hospitalar, o enfermeiro observou que ARTHUR levava consigo 11 (onze) trouxinhas de substância análoga à cocaína, além de uma trouxinha com substância análoga à maconha, onde notificou a Polícia Militar.

Após a realização do atendimento médico, os indivíduos foram apresentados à Delegacia para tomada das providências cabíveis. De imediato, foi solicitado o laudo para verificação da gravidade da lesão para elaboração dos procedimentos criminais envolvendo as duas pessoas.

Contudo, na manhã do dia 26/03 Arthur Antunes evoluiu à óbito, tendo tal fato sido notificado ao Hospital Municipal de Monte Alegre que elaborou o laudo cadavérico atestando o falecimento.

Esclarece-se que o ingresso dos indivíduos nas dependências da Delegacia da Polícia Civil somente se deu após a regular liberação da equipe médica responsável pelo atendimento, não havendo qualquer negligência, já que houve o encaminhamento dos indivíduos ao hospital.”

Fonte: g1 Santarém

RELACIONADOS

Mais Visualizados