sábado, abril 20, 2024

PF prende homem com pornografia infantojuvenil no Pará

Ação faz parte de operação nacional contra abuso sexual infantil

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 27/3, a Operação Share, para a qual foram expedidos 59 mandados de busca e apreensão, em 21 unidades da federação. Em Belém, uma pessoa foi presa em flagrante por ter imagens de abuso sexual infantil em notebook. Em Marabá, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, sem prisão.

A prisão em flagrante, em Belém, partiu de cumprimento de mandado de busca e apreensão, que recolheu celular e notebook do alvo. Já em Marabá, foram apenas apreendidos eletrônicos, sem prisão.

A operação foi gerida pela Coordenação de Repressão aos Crimes Cibernéticos Relacionados ao Abuso Sexual Infantojuvenil da PF, com foco na identificação e prisão de abusadores sexuais de crianças e resgate de vítimas.

A operação é fruto de informações repassadas pelas Polícias da Itália e da Espanha, as quais detectaram a ocorrência das práticas criminosas. A partir daí, foi possível à PF dar continuidade às investigações, com o cumprimento das medidas cautelares em uma operação em todo o Brasil. Além dos mandados de busca e apreensão, foram realizadas 16 prisões em decorrência da ação.

Os investigados poderão pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de material de abuso sexual infantil e associação criminosa.

Resumo Operação Share
Quantidade de inquéritos policiais instaurados:  52
Quantidade de mandados de busca e apreensão expedidos: 59
Quantidade de prisões realizadas: 17
Policiais envolvidos: 182

Mandados expedidos para 21 unidades da federação – Acre (1), Alagoas (1), Amapá (1), Bahia (3), Ceará (2), Distrito Federal (1), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Minas Gerais (3), Mato Grosso (2), Pará (2), Paraíba (3), Pernambuco (2), Paraná (9), Rio Grande do Norte (1), Rio de Janeiro (3), Roraima (2), Rio Grande do Sul (9), Santa Catarina (1), Sergipe (1) e São Paulo (9).

Fonte: Plantão 24horas 24horas – PFPA

RELACIONADOS

Mais Visualizados