ITAITUBA

PM detém três pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de droga e furto de celular no Patrocínio, em Itaituba

Material encontrado. Foto: Reprodução.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Três pessoas foram detidas por envolvimento com tráfico de drogas e furto de aparelho celular na Comunidade Patrocínio, região garimpeira de Itaituba (PA). A detenção ocorreu no início desta segunda-feira (28), por volta das 18h30.

A Polícia Militar localizou os três indivíduos após a denúncia de que um deles havia furtado um aparelho celular que estava sobre a mesa de um bar. De posse das informações, uma guarnição seguiu em diligências e, através de imagens e testemunhas, conseguiu localizá-lo em um hotel.

Na ocasião, com o homem, que estava realizando o consumo de entorpecentes, foi localizada uma “peteca” de crack. Diante disso, os policiais perguntaram onde o material havia sido comprado, e ele indicou o local – um quarto do hotel.

À vista do que foi repassado, os militares seguiram até o quarto, mas não conseguiram localizar os acusados – um homem e uma mulher. No entanto, obtiveram informação de que o casal estava escondido em uma vila.

Assim, a guarnição seguiu para o local indicado, onde, ao perceber a presença dos policiais, o casal tentou pular a janela do quarto, sendo que a mulher caiu da janela, e, em seguida, o homem foi contido.

Em revista pessoal ao suspeito, os militares encontraram R$ 350,00, dois aparelhos celulares, um cordão, dois relógios, uma balança de precisão, nove papelotes de uma substância análoga a maconha, além de outras consideradas porções de material similar a crack e cocaína.

Mediante a isso, os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia, par a realização dos procedimentos cabíveis.

Suspeitos. Foto: Reprodução.

Fonte: Plantão 24horas News.

Atenção: Dê o crédito caso copie nossa matéria!

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

RELACIONADAS