domingo, maio 26, 2024

Sob pedido de justiça, familiares manifestam dizendo que jovem foi preso injustamente em Itaituba

Fazendo o uso de cartazes e em manifesto pacífico, familiares de Marlison estiveram, na manhã desta sexta-feira (24), em frente ao Centro Regional de Recuperação de Itaituba (CRRI). O jovem é apontado como um dos envolvidos com uma tentativa de homicídio que ocorreu no início deste mês, porém a família alega que ele é inocente.

A mãe afirma que ele foi preso injustamente e, por isso, clama por liberdade. “O meu objetivo aqui é clamar pela liberdade do meu filho. Ele foi preso injustamente. Como não pegaram o rapaz que furou os outros rapazes, eles querem dar uma resposta à sociedade prendendo o meu filho, que é inocente. Eu, como mãe, clamo pela liberdade dele…”, disse.

“… Eu estou sofrendo muito, e eu sei que meu filho é inocente. Não só eu, mas todo mundo sabe. Eu tenho filmagem. Eu tenho tudo de onde foi feito o serviço de onde furaram o rapaz. Aí, eu não sei por qual motivo o pessoal prende o meu filho e deixa ele preso aí”, complementou.

O patrão destaca que Marlison é uma pessoa de boa índole, mas, simplesmente, estava defendendo a sua honra

“Ele, como um rapaz que já conheço há mais de 05 anos, é um rapaz trabalhador honesto. Nunca se envolveu com esse tipo de coisa. Hoje ele está preso injustamente. Não sei qual é o motivo. Não sei porque a polícia colocou imagem que não existe. Ele simplesmente estava defendendo a honra dele como homem numa festa, como qualquer outra pessoa”.

“[…] aconteceu um incidente, e ele foi defender a honra dele e da mulher dele. Então, hoje estão tachando ele como um marginal, um criminoso… E ele é um rapaz trabalhador que sustenta a família dele. É dedicado ao seu trabalho e à sua família”.

Enquanto isso, a defesa tenta conseguir provar a inocência de Marlison. Além disso, vê que ele tem condições de responder em liberdade.

“… A respeito das condições dele, a defesa vê que ele possui condições favoráveis para responder ao processo em liberdade, tendo em vista que o único crime que ele cometeu; ou seja, é uma pessoa de boa antecedência, possui residência fixa e trabalho lícito. Diante disso, a defesa verifica que ele possui condições de responder em liberdade”, Dr. Lucas.

Fonte: Plantão 24horas News.  

RELACIONADOS

Mais Visualizados