quarta-feira, julho 17, 2024

Homem morre após inalar gás tóxico, desmaiar e bater cabeça em balsa de grãos em Santarém

Três homens desmaiaram em contato com gases tóxicos. Um deles, identificado como Jorlan Monte de Sousa, de 48 anos, teve um corte profundo na cabeça e não resistiu.

Um homem morreu na manhã desta quarta (3) em Santarém, no oeste do Pará, após inalar gás tóxico, desmaiar e sofrer corte na cabeça. O caso aconteceu em uma balsa de grãos que estava em um porto particular no bairro Área Verde.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, três homens inalaram gases tóxicos liberados por conta da umidade dos grãos.

Esses gases – butano, metano e propano -, são inflamáveis e asfixiantes, por isso os três trabalhadores acabaram desmaiando.

Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, os funcionários do porto particular, ao perceberem o quadro de desmaio, com o auxílio de um soprador, conseguiram ventilar o local e prestar socorro a dois homens. Já o terceiro, com um corte profundo na cabeça, não apresentava mais os sinais vitais.

Tenente Samuel Mota, do Corpo de Bombeiros, informou que o resgate foi acionado pelo Niop (Núcleo Integrado de Operações), para atender uma vítima que teria sofrido uma queda de lugar alto.

“Nossa equipe de resgate saiu em deslocamento até o local da ocorrência. Ao chegar no local, detectamos que se tratava de um espaço confinado, um espaço fechado com pouca ventilação, pouca oxigenação. E aí nossa equipe, rápido, montou um sistema de salvamento em altura e conseguimos tirar a vítima de dentro do espaço confinado, um espaço confinado que certamente estava vazado com gases tóxicos, que são nocivos ao ser humano, devido a isso que a vítima, ao descer para realizar algum trabalho de inspeção em um porão de uma embarcação, desmaiou. E aí nós retiramos essa vítima de dentro do poço e entregamos aos cuidados do Samu”, relatou tenente Samuel Mota.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência também esteve no local, onde foi constatado o óbito. A causa da morte deverá ser confirmada apenas após exames de necropsia.

Fonte: G1 Santarém

RELACIONADOS

Mais Visualizados