segunda-feira, maio 20, 2024

Hospital do Sudeste do Pará é referência em Cirurgias de média e alta complexidade

De Janeiro a Abril de 2024, mais de 1000 pacientes realizaram cirurgias na unidade, com destaque para especialidades de Trauma Ortopedia, Cirurgia Geral, Pediatria e Neurocirurgia.

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, tem se consolidado como referência em cirurgias de média e alta complexidade na região de Carajás. Nos primeiros quatro meses de 2024, a instituição ultrapassou a marca de 1.000 pacientes atendidos. Ao todo, foram realizados 1.575 procedimentos cirúrgicos em diversas especialidades, com destaque para Trauma Ortopedia, Cirurgia Geral, Pediatria e Neurocirurgia.

Nayra Stephany de Aquino, 21 anos, moradora de Marabá, é uma das pacientes encaminhadas para cirurgia na unidade do Governo do Pará. Ela foi vítima de um grave acidente de moto que resultou em múltiplas fraturas nas pernas. Após passar por três cirurgias ortopédicas bem-sucedidas, Nayra vêm se recuperando na unidade há 15 dias, onde recebe apoio contínuo da equipe assistencial.

“Jamais imaginei que enfrentaria uma situação tão difícil, sou grata à equipe que me proporcionou um cuidado excepcional aqui no hospital. Recebi não apenas tratamento de qualidade, mas também carinho e apoio que vêm sendo fundamentais para minha recuperação”, explicou.

Flávio Marconsini, diretor executivo do hospital, explicou que, ao chegar ao hospital, um paciente pode necessitar de múltiplas cirurgias, dependendo da gravidade do caso. Como a unidade é referência em traumatologia ortopédica para vítimas de acidentes graves, é comum que o paciente passe por várias intervenções cirúrgicas para alcançar sua recuperação completa.

“Entendemos que cada intervenção cirúrgica é uma etapa crucial no caminho para a recuperação dos pacientes, e é por isso que nossa equipe se dedica não apenas à excelência técnica, mas também ao cuidado humano, proporcionando apoio emocional e físico em cada fase do processo”, enfatizou.

Erivanildo Santis, 64 anos, morador de Marabá, finalmente encontrou alívio para dores abdominais que o incomodavam há algum tempo. O paciente submeteu-se com sucesso a uma cirurgia geral de laparotomia na instituição, procedimento que exige expertise e cuidado. “Estou me sentindo renovado, como se tivesse ganhado uma segunda chance. Agradeço a toda equipe do hospital pelo profissionalismo e pela atenção dedicada a mim durante todo o processo”, explicou o paciente.

A unidade de saúde pública do Governo do Pará, é gerenciada pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Especialidades – No Hospital Regional em Marabá, as cirurgias mais realizadas até abril desse ano são de Trauma Ortopedia com 25% do total, em seguida, aparecem Cirurgia Geral (12%), Pediatria (11%) e Neurocirurgia (10%). Além dessas, outras especialidades atendidas incluem Cirurgia Vascular, Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, Correção de Lábio Leporino, Cirurgia Plástica, Obstetrícia de Alto Risco, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Urologia e Tratamento de Cálculos Renais.

Delyo Alves, enfermeiro responsável pelo Centro Cirúrgico da instituição, destacou que a unidade possui equipe multiprofissional, que trabalha em conjunto para garantir o melhor atendimento aos pacientes, do pré-operatório até o pós-operatório, proporcionando cuidado integral e personalizado.

“Nosso objetivo não é apenas realizar as cirurgias com excelência técnica, mas também proporcionar um ambiente acolhedor e um cuidado integral aos pacientes, desde o momento da entrada na unidade até a sua total recuperação. Cada procedimento é uma oportunidade de fazer a diferença na vida das pessoas, e isso nos motiva a buscar constantemente a excelência em nosso trabalho”, enfatizou.

O profissional ainda ressaltou que o Centro Cirúrgico da instituição, conta com quatro salas cirúrgicas e uma equipe capacitada, que ainda realiza cirurgias não invasivas no setor de hemodinâmica, com procedimentos de cateterismo, angioplastias e embolização cerebral.  

“Em relação à segurança das cirurgias, implementamos rigorosos protocolos, incluindo o Protocolo de Cirurgia Segura da Organização Mundial da Saúde, que envolve a verificação pré-operatória, marcação do local da cirurgia, e a confirmação dos procedimentos a serem realizados, garantindo a máxima segurança para nossos pacientes. Nosso compromisso é assegurar não apenas resultados cirúrgicos excelentes, mas também a segurança e o bem-estar de cada indivíduo que passa por nossas mãos”, destacou Delyo.

Perfil – O Hospital Regional do Sudeste do Pará, é referência para procedimentos de média e alta complexidade para mais de um milhão de pessoas, em 22 municípios da região. A instituição conta com 135 leitos, dos quais 97 são para unidades de internação clínica e médica, e 38 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), estas com 20 leitos de UTI adulto, nove de UTI pediátrica e nove de UTI Neonatal, estrutura que possibilita atender pacientes em diferentes níveis de complexidade.

Fonte: Ascom/HRSP

RELACIONADOS

Mais Visualizados