terça-feira, abril 23, 2024

Ministério Público avalia os trabalhos prestados à comunidade itaitubense em 2021

O Promotor de Justiça Ítalo Costa Dias, em entrevista cedida na manhã desta quinta-feira (06), fez uma avaliação geral dos trabalhos que o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) prestou, em 2021, à comunidade itaitubense.

De acordo com o promotor, em sua gestão, a entidade tem buscado estar mais próxima da população; algo positivo, haja vista que, desse modo, conhece-se mais as necessidades dos moradores.

Sobretudo, pontua que diversos trabalhos foram realizados. Dentre eles, ações em defesa das pessoas com deficiência, idosos e crianças e adolescentes. Por meio da última, houve fiscalização principalmente em relação às crianças de risco. Diante disso, conselheiros tutelares foram bastantes orientados.

Dr. Ítalo Costa Dias cedendo entrevista à imprensa. Foto: Weslen Reis/Plantão.

Em relação à saúde, Ítalo destaca que houve bastante “trabalho de fiscalização da COVID-19; especialmente, do trabalho de fiscalização constante, para saber qual o trabalho que os órgãos da saúde estava desenvolvendo  em benefício da população […]”.

O promotor realça, ainda, que também teve muitas denúncias de casos de cirurgias. Em relação a isso, ele destaca que algumas pessoas tem deixado o “tempo passar” para denunciar. “… A população tem um problema de deixar para última hora. Geralmente, procura o Ministério Público depois de 20 ou 30 dias. Se puderem, já procurem o quanto antes. Se ver que a secretaria não vai cumprir, nos procure, que vamos entrar com ação […]”.

Quanto algumas das metas para 2022, Ítalo informa que o Ministério Público está atuando para resolver o problema de alagamento e poluição sonora no município. “A gente tem que trabalhar em 2022 a questão dos alagamentos. Situação grave, difícil… Precisamos de um trabalho maior da prefeitura, especialmente nos alagamentos. A gente também está vendo essa questão da poluição sonora […]”, finalizou.

Fonte: Plantão 24horas News.

RELACIONADOS

Mais Visualizados