sábado, junho 22, 2024

No Pará, novo Hospital Pronto-Socorro vai beneficiar cerca de 2 milhões de pessoas

Ministra Nísia Trindade participou da inauguração neste sábado (18). Para aprimorar assistência, Ministério da Saúde vai liberar R$ 43,2 milhões como custeio de serviços de média e alta complexidade no estado.

A ampliação do atendimento especializado e de urgências e emergências é uma das prioridades do Ministério da Saúde. Neste sábado (18), em viagem ao estado do Pará, a ministra Nísia Trindade participou da inauguração do Hospital Pronto-Socorro Dr. Roberto Hesketh Cavalleiro de Macedo, na região metropolitana de Belém. A unidade terá capacidade para realizar 6 mil atendimentos por mês no pronto atendimento pediátrico e 7,2 mil adulto. Aproximadamente 2 milhões de pessoas de cinco municípios da região serão beneficiadas: Belém, Ananindeua, Marituba, Santa Bárbara do Pará e Benevides.

“Esta agenda de hoje representa um marco. É um importante equipamento para a saúde da população da região. Vamos também ampliar o teto dos recursos para média e alta complexidade do estado para atender ao custeio deste hospital e reforçar o custeio do Hospital da Mulher, que ainda será inaugurado. Vamos trabalhar no fortalecimento da Estratégia de Saúde da Família”, anunciou a ministra.Entre as autoridades presentes na cerimônia de inauguração do hospital, estavam o governador do Pará, Helder Barbalho, a vice-governadora, Hana Ghassam, e a secretária de Saúde do estado, Ivete Vaz.

Buscando aprimorar e agilizar essa assistência, o Ministério da Saúde vai liberar R$ 43,2 milhões para custear ações e serviços de média e alta complexidade no estado do Pará. Do total, R$ 16,8 milhões serão destinados ao novo pronto-socorro. Outros R$ 24,9 milhões vão reforçar o atendimento do Hospital Público da Mulher Nossa Senhora de Nazaré e mais R$ 1,5 milhão na Policlínica de Marabá.

Esse recurso faz parte do total de R$ 404 milhões destinados pelo governo federal ao estado do Pará entre 2023 e 2024. Somente por meio do Novo PAC Saúde, cerca de R$ 203 milhões estão sendo investidos na construção de maternidades, Centros de Parto Normal, Centros de Assistência Psicossocial, unidades do SAMU e demais equipamentos públicos. Outros serviços, como habilitação de atenção especializada em Doença Renal Crônica com hemodiálise e a construção de um Centro Especializado em Reabilitação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, também estão sendo garantidos à população paraense pelo Ministério da Saúde.

O novo Pronto-Socorro Dr. Roberto Hesketh Cavalleiro de Macedo será composto por 40 leitos para atendimento de urgência e emergência, 36 leitos clínicos, 20 leitos de UTI, seis salas para sutura, cinco salas cirúrgicas, duas salas para procedimentos invasivos e diversos equipamentos para garantir mais de 600 atendimentos cirúrgicos por mês. O investimento total do estado na construção do hospital foi de R$ 189,7 milhões. A unidade terá, ainda, atendimento referenciado para cirurgia vascular.

Fonte: Ministério da Saúde

RELACIONADOS

Mais Visualizados