quinta-feira, fevereiro 29, 2024

Operação inutiliza equipamentos usados em garimpo ilegal

Atividade invadiu terra indígena Ituna-Itatá.

Uma operação de combate ao garimpo ilegal foi lançada nesta quarta-feira (29/11) na Terra Indígena Ituna-Itatá, pela Polícia Federal, em parceria com Ibama e PRF. Durante a ação, foram inutilizados uma retroescavadeira, motores e geradores usados na mineração ilegal, o que soma mais de R$ 1 milhão em prejuízo aos infratores.

No momento da ação, os garimpeiros fugiram do local. As investigações continuam, para responsabilizar os autores dos crimes.

Participaram da operação mais de 20 agentes públicos da PF, Ibama e PRF. O objetivo foi desmantelar as redes de garimpo ilegal que têm causado danos ao meio ambiente e às comunidades indígenas locais.

Foto: PFPA

Ituna-Itatá, uma área de preservação ambiental e cultural, tem enfrentado uma crescente pressão de garimpeiros ilegais. Estes grupos não apenas causam destruição ambiental, como também ameaçam a soberania e os modos de vida das comunidades indígenas que habitam a região.

Fonte: Plantão 24horas News – PFPA

RELACIONADOS

Mais Visualizados