quarta-feira, junho 12, 2024

Órgãos federais destroem máquinas e dragas em região garimpeira; prejuízo é estimado em R$ 10 milhões

Ação mais recente foi registrada nesta segunda-feira (14). Cerca de 5 dragas, várias máquinas escavadeiras e outros veículos já foram destruídos nas regiões do Rato, Amando, Boca do Cripuri, Bom Jardim e outras.

Na manhã desta segunda-feira (14), uma operação conduzida por órgãos federais na região garimpeira de Itaituba resultou na destruição de diversos equipamentos, afetando áreas como os garimpos do Rato, Piririma, Boca do Cripuri, Filhote, Amando e Bom Jardim.

De acordo com relatos, cerca de cinco dragas, diversas máquinas PC escavadeiras e tratores teriam sido incendiados até o momento. O proprietário de uma das dragas alvo da operação mencionou que seu equipamento era avaliado em cerca de R$ 950 mil. Ele também afirma que os prejuízos causados são de aproximadamente R$ 10 milhões apenas no garimpo do Rato.

Apesar de possuírem a documentação e licenças necessárias, o proprietário relatou não teve a oportunidade de apresentá-las, e que a operação criou momentos de grande tensão na área.

 “Eles nem sequer deram oportunidades para explicarmos, no meu quarto da draga havia todos os documentos de legalização do sistema de dragagem que a gente tinha, eles nem queriam saber se era uma máquina legal, apenas chegaram com terrorismo pra cima de todos…”

“Parecia uma guerra no morro da favela, onde apenas a organização governamental estava armada atirando próximo às pessoas, garantindo o terror dos civis. Isso tem que parar!” Relatou o proprietário.

Com a economia de Itaituba fortemente vinculada à atividade garimpeira, há preocupações sobre o impacto econômico deste novo episódio na região.

 “Ao que se conta, mais de 30 famílias tiveram seus sustentos destruídos.” finalizou o o dono da draga.

Fonte: Giro Portal

RELACIONADOS

Mais Visualizados